quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Mulher julgada por fazer sexo com esqueleto

Mulher julgada por fazer sexo com esqueleto
Uma mulher vai ser julgada na Suécia por ter relações sexuais com um esqueleto humano, arriscando uma pena de dois anos de prisão por perturbar a paz dos mortos.

A polícia encontrou um esqueleto humano, caveiras e uma caixa com ossos humanos, depois de receber um telefonema a alertar sobre um disparo numa casa, na cidade de Gotemburgo.

Foram ainda encontrados vários CD intitulados "A minha necrofilia" e "A minha primeira experiência", assim como fotografias da mulher em vários atos sexuais com o esqueleto.

A inspetora do Ministério Público responsável pelo caso acrescentou que a suspeita fazia um uso "vergonhoso" e "nada ético" dos ossos.

"Interessava-lhe muito a morte", declarou Kristina Ehrenborg-Staffas sobre a mulher, uma desempregada de 37 anos. "Tinha imagens de morgues, igrejas e cemitérios", acrescentou.

A suspeita será também acusada da venda de ossos humanos a um artista de Uppsala no verão passado.

Segundo contou a própria às autoridades, comprava os ossos (de pessoas com mais de 50 anos e de diferentes partes do mundo) através da Internet, apenas para fins históricos. Garantiu ainda que não é ela que surge nas imagens apreendidas pelas autoridades.

O julgamento realiza-se na próxima semana e, se for considerada culpada, arrisca uma pena de prisão de dois anos.

Fonte: Jornal de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário