sábado, 30 de abril de 2011

Pirataria Informática: Dados dos jogadores da Playstation podem estar à venda

Os danos realizados ao site da PlayStation ainda não estão resolvidos
As suspeitas de que os piratas informáticos que atacaram os servidores da Playstation Network possam estar a tentar vender os dados pessoais e dos cartões de crédito dos utilizadores são cada vez mais fortes.

Segundo notícias ontem, sexta-feira, divulgadas pelo New York Times e pelo site inglês Digital Spy, especialistas de segurança na Internet tem estado a monitorizar fóruns de piratas informáticos onde detectaram que os 'hackers' terão tido acesso aos dados de, pelo menos, 2,2 milhões dos 77 milhões de membros desta plataforma.

A notícia ganhou maior sustentação depois do especialista em segurança na Net, Brian Krebs, ter posto no seu blogue um vídeo do que pareciam ser quatro piratas a discutir a base de dados.

Nos fóruns, os piratas alegam que entre os dados roubados constam os nomes e apelidos dos utilizadores, endereços completos, países, data de nascimento, endereço e password das contas de e-mail, bem como os números de cartões de crédito, com a respectiva data de expiração e código de segurança CCV.

A Sony nega, no entanto, que os piratas possam estar na posse deste último código, uma vez que ele não consta das suas bases de dados. A hipótese de os piratas poderem estar a fazer bluff é uma das possibilidades em estudo.

Os piratas estarão, alegadamente, a tentar vender a base de dados por um valor superior a 100 mil dólares (mais de 67,5 mil euros). E houve quem sugerisse ao especialista de segurança Kevin Stevens, da TrendMicro, que os piratas teriam mesmo contactado a Sony para comprar de volta a sua base de dados, sem obter resposta.

Enquanto isso, a Sony continua numa luta contra o tempo a tentar quantificar e resolver os danos sofridos, para pôr de novo on-line a plataforma da Playstation - em baixo desde o dia 20 de Abril -, e no seu blogue norte-americano (blog.us.playstation.com) já agradeceu a paciência dos utilizadores e avançou que estão a ser estudadas "formas de mostrar o seu apreço", embora sem nunca falar de qualquer compensação monetária por danos sofridos. Pelas contas da Sony, se houver garantias de que a segurança da Playstation Network está definitivamente restaurada, a plataforma será reactivada já na próxima terça-feira, 3 de Maio.

Fonte: DN.PT

Jogos: Os FPS do Futuro

Avistado Ovnis perto do Vulcão Sakurajima no Japão

Num congresso internacional de medicina.

O médico alemão diz:
- Na Alemanha, fazemos transplantes de dedo. Em 4 semanas o paciente está procurando emprego.

O médico espanhol afirma:
- A medicina espanhola é tão avançada que conseguimos fazer um transplante de cérebro. Em 6 semanas o paciente está procurando emprego.

O médico grego disse:
- Temos um trabalho de recuperação de bêbados. Em 15 dias o indivíduo pode procurar emprego.

O médico português diz orgulhoso:
- Isso não é nada! Em Portugal, nós arranjamos um homem sem cérebro, sem consciência, sem peito, mentiroso, corrupto, e elegêmo-lo primeiro ministro. E em 5 anos o país inteiro está quase todo à procura de emprego.

IMPORTANTE:
Todo aquele que ler esta piada, tem a obrigação moral de em defesa da ética e da democracia, retransmiti-la a pelo menos 10 pessoas.

Se romperes a cadeia, vais ter que aturar o Sócrates, por mais 4 Anos!!! Odeio correntes, mas esta é por uma boa causa.

14 Passos Para Resolver o Problema Económico Português

Passo 1
Trocamos a Madeira e os Açores pela Galiza, mas os espanhóis têm que levar o Sócrates.

Passo 2
Os galegos são boa onda, não dão chatices e ainda ficamos com o dinheiro gerado pela Zara (é só a 3ª maior empresa de vestuário).

A indústria têxtil portuguesa é revitalizada.

A Espanha fica encurralada entre os Bascos e o Sócrates.

Passo 3
Desesperados, os espanhóis tentam devolver o Sócrates.

A malta não aceita.

Passo 4
Oferecem também o Pais Basco.

A malta mantem-se firme e não aceita.

Passo 5
A Catalunha aproveita a confusão para pedir a independência.

Cada vez mais desesperados, os espanhóis devolvem-nos a Madeira e os Açores e dão-nos ainda o Pais Basco e a Catalunha.

A contrapartida é termos que ficar com o Sócrates.

A malta arma-se em difícil mas aceita.

Passo 6
Damos a independência ao País Basco.

A contrapartida é eles ficarem com o Sócrates.

A malta da ETA pensa que pode bem com ele e aceita sem hesitar.

Sem o Sócrates Portugal torna-se um paraíso e a Catalunha não causa problemas.

Passo 7
Afinal a ETA não aguenta o Sócrates, e o País Basco pede para se tornar território português.

A malta faz-se difícil mas aceita (apesar de estar lá o Sócrates).

Passo 8
Fazemos um acordo com o Brasil.

Eles enviam-nos o lixo e nós mandamos-lhes o Sócrates.

Passo 9
O Brasil pede para voltar a ser colónia portuguesa.

A malta aceita e manda o Sócrates para os Farilhões das Berlengas apesar das gaivotas perderem as penas e as andorinhas do mar deixarem de por ovos.

Passo 10
Com os jogadores brasileiros mais os portugueses, Portugal torna-se campeão do mundo de futebol!

Passo 11
Os espanhóis ficam tão desmoralizados, que nem oferecem resistência quando os mandamos para Marrocos.

Passo 12
Unificamos finalmente a Península Ibérica sob a bandeira portuguesa.

Passo 13
A dimensão extraordinária adquirida que une a Península e o Brasil, torna-nos verdadeiros senhores do Atlântico.

Colocamos portagens no mar, principalmente para os barcos americanos, que são sujeitos a uma sobretaxa tão elevada que nem o preço do petróleo os salva.

Passo 14
Economicamente asfixiados eles tentam aterrorizar-nos com o Bin Laden, mas a malta ameaça enviar-lhes o Sócrates e eles rendem-se incondicionalmente.Está ultrapassada a crise!

Francesinha entre as melhores sandes do mundo

Francesinha entre as melhores sandes do mundo
O site Aol Travel elegeu a Francesinha como uma das 10 melhores sanduíches do mundo, considerando que esta iguaria portuense, apesar do seu diminutivo, de "pequena tem muito pouco".

A Francesinha é uma sanduíche recheada com linguiça, salsicha fresca, fiambre e bife, coberta de queijo, sendo depois "regada" com um molho picante, considerado a alma da receita, que tem por base tomate e cerveja.

As variantes da Francesinha são muitas (com outras carnes no recheio, com ovo estrelado ou camarão por cima, por exemplo), sendo muito apreciada quando acompanhada por batatas fritas.

Nesta selecção feita pelo Aol Travel, a Francesinha aparece ao lado das sanduíches Roujimao, da China, Smorrebrod, da Dinamarca, Kati Roll, da Índia, Pan Bagnat, de França, Gelato Sandwich, de Itália, da Indian (navajo) Taco, dos Estados Unidos da América, do Chip Butty, do Reino Unido e da mexicana Cemita.

O Aol conta que a Francesinha, oriunda do Porto, foi criada por um emigrante português que, quando voltou de França para a sua terra natal, decidiu adaptar o famoso Croque Monsieur à cultura nacional.

O site, que fornece informação sobre destinos turísticos e lazer, escreve que as fatias de pão, depois de recheadas com uma combinação de salsicha, bife e fiambre, são "coroadas" com queijo derretido e "encharcadas" com um molho.

"Adicionar batatas fritas e/ou ovo tornam-na especial", acrescenta.

Apresentando 10 sanduíches, o Aol Travel pretende apontar "uma lista de alguns exemplos dignos de babar", afirmando que as sanduíches são o alimento perfeito para qualquer ocasião e um "bem amado em todo o mundo".

A Francesinha é muito apreciada no Porto, sendo uma especialidade de vários restaurantes locais, desde requintados aos mais populistas.

Esta especialidade portuense surgiu na década de 60, pelas mãos do português Daniel da Silva.

Ambrósio, apetece-me algo doce...

Haarp: Máquina para controlar o Clima? (Veja aqui vários vídeos)














Tempestade de Granizo Em Lisboa 28/04/2011 (Mais Vídeos)








Já conheces a Disney Landia?

Quais são as Maiores Máfias?

Os números da religião no Brasil

Foto Inédita dos Nossos Governantes Mundiais

Editora Globo

Pesquisadores mostram como será rosto de filho de William e Kate

Baseado em estudos,
 cientistas ingleses projetam face de herdeiro real

O assunto da semana nas manchetes dos jornais mundiais é o casamento do Príncipe William e Kate Middleton. Em alguns anos, um provável filho do casal deve virar assunto também. Para adiantar o futuro, mostramos como seria a aparência de um herdeiro do casal real. O Laboratório de Percepção da Universidade de St. Andrews, no Reino Unido, criou uma projeção do rosto de uma criança misturando traços de Will e Kate.
Editora Globo

Num parque no estado norte-americano do Arkansas, mulher acha diamante de 8,6 quilates


Uma visitante do Parque de Murfreesboro, no estado do Arkansas (EUA), fez o achado da sua vida: ao passear na famosa Cratera dos Diamantes, a única mina aberta ao público, Beth Gilbertson ‘tropeçou’ numa pedra preciosa de 8,6 quilates. Imagine--se o seu espanto (e contentamento) quando se inteirou das regras no local: qualquer visitante que entre no referido parque pode ficar com o que encontrar. É caso para dizer que bela visita!

Gafe: João Adelino Faria troca "preparativos" por "preservativos"

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Tornados devastam cidades inteiras no sul dos EUA, mais de 160 foram registrados

Temporal em Lisboa: Várias inundações, chuva de granizo durou cerca de meia hora

Os Sapadores Bombeiros de Lisboa e o Comando Distrital Operacional de Socorro (CDOS) de Lisboa receberam um "fluxo anormal de chamadas" a dar conta de várias inundações, devido à chuva violenta de granizo que durou cerca de meia hora.

Uma violenta trovoada e um temporal de chuva e granizo assolaram a partir das 15h40 parte da cidade de Lisboa, nomeadamente na zona de Benfica, mas também a zona da Amadora, da Pontinha, de Queluz (Sintra) e de Oeiras, disse à agência Lusa fonte do CDOS. 

Segundo a mesma fonte, têm sido muitas as chamadas até às 16h15 a dar conta de inundações e de sarjetas e algerozes entupidos. 

Já no centro de Lisboa, nomeadamente na zona de Benfica, os Sapadores Bombeiros de Lisboa têm tido um "fluxo anormal de chamadas", com cerca de 15 ocorrências de inundações e entupimentos de algerozes. 

As duas fontes consideraram o fluxo de chamadas "anormal", mas até perto das 16h10 não tinham indicação de nenhuma situação "mais preocupante".

INUNDAÇÃO NA BURACA

O grande volume de água e granizo que caiu na zona da Buraca inundou a praça junto à estação de comboios, obrigando à intervenção dos bombeiros e das autoridades da Câmara.

O nível das águas impediu que alguns dos carros ficassem praticamente submersos.

CATENÁRIA DA LINHA DE CASCAIS DANIFICADA

A chuva intensa danificou uma catenária da linha de Cascais e está a obrigar os comboios a circularem na mesma via nos dois sentidos entre Algés e Oeiras.

A avaria ocorreu pelas 16h20 na zona de Paço de Arcos. No local está já uma equipa, mas ainda não é previsão de normalização da linha.










Fonte: Correio da Manhã

Casamento Real: Kate e William deram dois beijos na varanda do Palácio de Buckingham

Kate e William deram dois beijos na varanda do Palácio de Buckingham
Tudo perfeito. Tudo com a famosa pontualidade britânica. Kate e William já são marido e mulher.

Depois da cerimónia na Abadia de Westminster, onde estiveram presentes 1900 convidados, o casal saudou as milhares de pessoas que os esperava junto ao palácio.

A partir da varanda principal do Palácio de Buckingham, os recém-casados, acompanhados pelas respectivas famílias, trocaram o tão guardado beijo. Neste caso, dois.

Para homenagear os recém-casados, aviões da Segunda Guerra Mundial e jactos de combate da Royal Air Force (força aérea britânica) sobrevoaram o palácio.

O jovem casal real esteve numa recepção oferecida pela Rainha Isabel II para cerca de 650 convidadosno Palácio de Buckingham. Às 15.00, Kate e William dirigem-se para a Clarence House onde vão descansar.

Os noivos regressam a Buckingham para um jantar oferecido pelo príncipe Carlos, com início previsto para as 18:00 (mesma hora em Lisboa). O jantar, mais íntimo (cerca de 300 convidados), com a família e amigos, será seguido por uma 'soirée' dançante.




Minuto a minuto da cerimónia

13.40 - Agora segue-se o banquete no palácio de Buckhingham, onde estão presentes 600 convidados.

13.25 - Tal como previsto, Kate e William apareceram na varanda do Palácio de Buckingham e beijaram-se. O casal permaneceu mais alguns minutos na varanda a acenar à multidão e quebrou o protocolo, dando um segundo beijo. Seguiu-se uma homenagem da Royal Air Force.

12.56 - Millhares de pessoas dirigem-se para o Palácio de Buckingham para ver o beijo entre William e Kate.

12.47 - O Príncipe Carlos e Camilla também já estão no Palácio de Buckhingham.

12.30 - A Rainha Isabel II também já chegou ao Palácio de Buckhingham, onde irá decorrer o banquete. Às 13h25 está previsto que os noivos e a rainha vão à varanda do palácio saudar o povo e dêem o tão esperado beijo.

12.26 - William e Kate já entraram no Palácio de Buckingham.

12.23 - O Casal entra no largo de Buckingham Palace.

12.14- A Rainha Isabel II entra no chamado coche escocês que a vai transportar pelas ruas de Londres até ao Palácio de Buckingham.

12.10 - Kate e William entram na carruagem que os vai levar ao Palácio de Buckingham. Esta carruagem é a mesma que transportou Carlos e Diana quando se casaram. Foi construída para o rei Eduardo VII em 1902. Os príncipes são saudados pela multidão nas ruas de Londres.

12.08- William e Kate deixam a abadia. Os sinos tocam e são aclamados por milhares de pessoa que se encontram junto à Abadia de Westminster.

12.04 - A cerimónia civil também já está concluída. Os convidados levantam-se para a tradicional procissão do noivo e da noiva.

11.53 - Kate e William dirigem-se para a capela de São Eduardo para assinarem o registo civil. O casamento religioso está concluído.

11.52 - Toca o hino inglês na Abadia de Westminster.

11.50 - O cardeal de Westminster anuncia a bênção.

11.32 - O Bispo de Londres começa a homilía.

11.24 - James Middleton, irmão de Kate, lê um texto do Novo Testamento.

11.20- Toca o hino do matrimónio em Westminster. Kate e William sentam-se perto do altar e vai dar-se início à cerimónia religiosa.

11. 17 - O Arcebispo da Cantuária abençoa os anéis e os príncipes trocam as alianças - William teve algumas dificuldades em colocar o anel no dedo da noiva. O casamento está consumado e oficializado. "Declaro que sejam marido e mulher, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo", disse o Arcebispo.

11.15 - Kate e William já deram o sim e fizeram as juras de amor.

11.14 - Começou a cerimónia. O Bispo de Londres fez o sermão e o Decano de Westminster, o Arcebispo da Cantuária Rowan Williams, conduz a cerimónia.

11.08 - Kate Middleton e o príncipe William já estão juntos no altar, ladeados por Harry, o padrinho, e o pai da noiva. "És linda", disse William. Kate respondeu com um sorriso.

11.00 - Kate Middleton chegou a Westminster às 11.00 em ponto, tal como estava programado. Parou uns segundos, acenou para a multidão, e de mão dada com o pai entrou na abadia. E já está a caminho do altar.

10.51 - Kate Middleton deixou o hotel e entrou no Rolls Royce Phantom VI que a vai levar até à Abadia de Westminster. Pela primeira viu-se o vestido de noiva, que tem uma cauda grande. Kate vai acompanhada do pai e vai acenando para a multidão que a saúda efusivamente. O vestido de noiva de Kate Middleton foi desenhado por Sarah Burton, sucessora do falecido Alexander McQueen.

10.49 - A Rainha Isabel II, vestida de amarelo, entra na Abadia de Westminster. Toda a gente se colocou em pé.

10.43 - O príncipe Carlos e Camilla entram na Abadia de Westmintser.

10.41 - A Rainha Isabel II deixa o Palácio de Buckingham e está a caminho de Westmintser, sendo ovacionada por milhares de pessoas.

10.38 - O Príncipe Carlos e Camilla estão a caminho da cerimónia.

10.32 - A mãe de Kate Middleston e o irmão entram na Abadia de Westminster.

10.28 - O casal real da Noruega também já chegou a Westmintser.

10.25 - Carole Middleton, mãe de Kate, já vai a caminho da cerimónia.

10.18 - O príncipe William e o irmão Harry dão entrada na Abadia de Westminster. Os dois irmãos vestidos com uniformes militares chegaram ao local num Bentley da frota real e foram saudados efusivamente pelas milhares de pessoas que os aguardavam.

10.15 - O príncipe William, acompanhado do irmão Harry, já está a caminho de Westminster.

10.09 - O primeiro-ministro inglês David Cameron e a mulher já entraram na Abadia de Westminster.

9.54 - Julia Gillard, primeira-ministra australiana, chega ao local acompanhada do marido.

9.46 - Elton John, amigo de longa data do príncipe William, já está no local da cerimónia, acompanhado do companheiro, David Furnish

9.34 - Earl Spencer, irmão da malograda princesa Diana, chega rodeado da família à abadia de Westminster

9.20 - Milhares de convidados esperam os noivos, alguns famosos como David e Victoria Beckham.

Fonte: DN.PT

Marrocos: Engenho explosivo acionado à distância utilizado no atentado de Marraquexe - ministro do Interior

Rabat, 29 abr (Lusa) - Um engenho explosivo acionado à distância foi utilizado no atentado de Marraquexe que causou 15 mortos e perto de 30 feridos, declarou hoje o ministro do Interior marroquino perante os deputados em Rabat.

"Investigações preliminares mostraram (que a bomba era composta por) nitrato de amónio e o explosivo TATP, assim como pregos, e que a explosão foi provocada à distância", disse Taeb Cherkaoui, durante uma reunião de uma comissão parlamentar marroquina.

O TATP é um explosivo químico utilizado por extremistas islâmicos, usado por exemplo nos atentados de Londres em 2005, que causaram 56 mortos e 700 feridos.


Vigário "apanhado" a fazer a roda no corredor da Abadia

Vigário "apanhado" a fazer a roda no corredor da Abadia
Um vigário foi flagrado a percorrer a passadeira vermelha da Abadia de Westminster a fazer a roda. As imagens estão a surpreender o Mundo

Pouco depois de o príncipe William e a mulher, Kate, terem abandonado a Igreja onde deram o nó, um elemento da Igreja anglicano foi filmado a fazer brincadeiras ao longo da nave central da Abadia de Westminster.


O Planeta Terra daqui a 100 Milhões de Anos

Site que revela as despesas do Estado já está disponível

O site Despesa Pública, criado por um grupo de cidadãos que revelou na net todos os contratos por ajuste directo feitos pelo Estado, está novamente disponível e num endereço diferente depois de ter estado suspenso por excesso de tráfego.

Depois de anunciada, a página que revela as despesas do Estado teve um número de visitas inesperado e esteve suspensa. Agora, voltou a estar online, mas os responsáveis pelo site fazem um apelo: «Pedimos que nesta fase inicial, tenham alguma moderação na quantidade de pesquisas, porque os acessos irão ser muitos e pode sobrecarregar de novo os servidores», pode ler-se na página do Facebook associada ao projecto.

O site Despesa Pública foi lançado no Dia da Liberdade, 25 de Abril, com o lema «Saiba onde, como e por quem é gasto o dinheiro dos contribuintes».

Para já, foram recolhidos dados dos ajustes directos (contratos feitos sem recurso a concurso público) e concluiu-se que houve 30 destes contratos feitos com empresas que não existiam.

O site inclui ainda uma tabela de Entidades Contratadas e Adjudicantes e fichas detalhadas com toda a informação por entidade/empresa.

O Despesa Pública está agora disponível em dois endereços:http://alt01.despesapublica.com/ e http://despesapublica.com/.

Fonte: SOL /andreia.coelho@sol.pt

Espanha: Desemprego ultrapassa 21 por cento, o valor mais elevado desde 1997

O desemprego aumentou fortemente em Espanha no primeiro trimestre deste ano, ganhando perto de um ponto em três meses, para 21,29 por cento, o mais alto nível desde 1997, segundo os números publicados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística.

Fonte: Lusa/fim

Brasil: "Década da América Latina" pode não acontecer caso países deixem de investir

Rio de Janeiro, 29 abr (Lusa) -- A chamada "década da América Latina" pode não concretizar-se caso os países latino-americanos não aproveitem o período de bonança para investir em melhorias de infraestrutura e inovação tecnológica, afirmam à Lusa especialistas que sugerem cautela ao otimismo exagerado.

"A região é um pouco ciclotímica, passamos do pessimismo exagerado ao otimismo desenfreado", afirmou Roberto Teixeira da Costa, do Conselho de Empresários da América Latina (CEAL).

Segundo o economista brasileiro, a região continua a ser favorecida e o fluxo de capitais ocorre de uma maneira abundante para a região.

Fonte: DN.PT

Ajuda Externa: Sócrates garante que TGV avança mesmo

Sócrates garante que TGV avança mesmo
O primeiro-ministro não desvendou as medidas que serão negociadas com a 'troika', mas garantiu que a linha de TGV entre o Poceirão e Caia será construída. E voltou a afirmar que os portugueses ainda "vão ter saudades do PEC" que a oposição chumbou.

Falando sobre o programa eleitoral socialista, apresentado ontem, Sócrates insistiu na construção da linha de TGV entre o Poceirão e Caia, que tem o financiamento assegurado. O primeiro-ministro reconheceu ainda que o calendário das outras obras públicas terá de ser adaptado às condições financeiras.

Quanto ao resultado das negociações com a 'troika', José Sócrates disse compreender que "os portugueses estejam ansiosos", avisando que "para defender o País e a sua dignidade a negociação tem de ser discreta".

"O Governo está a fazer o melhor para minorar as consequenciais sociais e económicas. A negociação será tão rápida quanto mais discreta", acrescentou no Fórum TSF, antes de notar que o acordo para a ajuda externa tem de estar fechado a tempo da reunião dos ministros das Finanças de 16 de Maio: "Julgo que teremos nas próximas semanas condições para que esse acordo e programa possa ser público e seguir os trâmites europeus".

Sócrates disse não ter nenhuma dúvida de que a Finlândia vai votar a favor da ajuda a Portugal, porque esta é uma "crise sistémica que afecta todos os países do euro".

O primeiro-ministro demissionário notou que "a Finlândia não vai pagar nada". "Os europeus vão ajudar emprestando dinheiro. Nós vamos pagar de volta. Trata-se de um empréstimo", disse.

Fonte: DN.PT

Submarino "Arpão" chega a Portugal no sábado

O submarino "Arpão", o segundo novo equipamento militar do género para a Marinha portuguesa, chega a Portugal no sábado de manhã, confirmou à agência Lusa fonte da Armada.

De acordo com a mesma fonte, o "Arpão" tem hora prevista de chegada à Base Naval de Lisboa (BNL) às 10.30 de sábado, não estando prevista nenhuma cerimónia para assinalar publicamente a recepção do novo equipamento.

Citando o Chefe de Estado-maior da Armada (CEMA), Almirante Saldanha Lopes, o semanário Expresso noticiou hoje na sua edição "online" a chegada sábado do novo submarino.

Em Janeiro, o CEMA tinha apontado a chegada do "Arpão" a Portugal em Março ou Abril.

O Tridente, primeiro submarino encomendado por Portugal à empresa alemã Ferrostaal a ser entregue, chegou a Portugal em Agosto do ano passado.

À semelhança do Tridente, a guarnição do Arpão conta com 33 militares, dos quais 7 são oficiais, 10 sargentos e 16 praças. O submarino atinge uma velocidade máxima de 20 nós e garante uma autonomia máxima de 45 dias, possuindo "capacidade para lançar mísseis, de defesa aérea e luta de superfície, e capacidade para lançar torpedos, de luta de superfície e subsuperfície", refere a Marinha.

A aquisição dos dois submarinos custou a Portugal cerca de mil milhões de euros.

Joana Freitas: Dona de casa seduz em lingerie

Deu que falar por ter sido uma das três meninas do anúncio da TV Cabo e continua sem passar despercebida em todos os trabalhos que faz. Desta vez para a revista ‘GQ’, Joana Freitas vestiu a pele de uma dona de casa sedutora, que usa a lingerie mais sexy para... fazer limpezas.

O cenário foi uma aldeia antiga, perto de Mafra, e a manequim de 24 anos orgulha-se de ter sido muito bem recebida. "Numa das fotos posei com duas senhoras com idade para serem minhas avós. Confesso que fiquei envergonhada quando tive de tirar o roupão à frente delas, mas foi muito engraçado, e elas foram simpatiquíssimas comigo."
Joana confessa que teve de representar o papel, mas cuidar da casa é com ela. "Posso dizer que sou boa dona de casa. E cozinho muito bem."

Mais cortes nos ordenados

FMI exige mais reduções nos salários dos funcionários públicos e prolongamento dos sacrifícios.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) quer que sejam aplicados mais cortes nos salários dos funcionários públicos e que a sua duração seja prolongada durante cinco anos. Ou seja, as reduções nos ordenados na Administração Pública e nas empresas do Estado acima de 1500 euros por mês, que foram aplicadas em 2011 e estavam previstas até 2013, poderão ser agravadas e inclusive vigorar até 2016.

A necessidade de reforçar os cortes nos vencimentos dos funcionários do Estado já foi referida em algumas reuniões. E, segundo apurou o CM, os técnicos da troika do FMI, Banco Central Europeu (BCE) e Comissão Europeia (CE) deixaram claro que "na política salarial do Estado os sacrifícios deveriam ser aumentados e prolongados por um período de cinco anos".

Como na Grécia e na Irlanda a primeira medida do FMI passou pela aplicação de cortes nos salários dos funcionários públicos, não admira que a mesma receita esteja a ser preparada para Portugal. Desde logo porque a redução dos vencimentos permite obter resultados imediatos na diminuição de gastos do Estado.

A prova disso é que, segundo as próprias previsões do Governo, o corte de 5% na despesa com ordenados dos funcionários do Estado e das empresas públicas em 2011 permitirá uma poupança na ordem dos mil milhões de euros.

No ano passado, os gastos com pessoal ascenderam a 11,4 mil milhões de euros.

Os técnicos da troika já têm praticamente concluído o plano que define as medidas que Portugal terá de cumprir. E este deverá ser entregue ao Governo até ao final desta semana, a fim de ser aprovado até dia 4 de Maio. O apoio financeiro, que permitirá a Portugal fazer face aos seus compromissos nos próximos anos, ascenderá a 80 mil milhões de euros.


DECO EXPÕE ENDIVIDAMENTO

O sobreendividamento das famílias portuguesas marcou ontem a reunião da Deco – Associação para a Defesa dos Consumidores com os representantes da troika que estão a preparar o plano de ajuda financeira a Portugal.

"Demos especial ênfase ao apoio que prestamos às famílias sobreendividadas", frisou ontem Alberto Regueira, vice-presidente da Deco. No ano passado, a associação ajudou cerca de três mil famílias, num total de cerca de 17 mil créditos incumpridos.

A reunião da Deco com os representantes da troika, a "pedido desta", durou quase uma hora.


PORTUGAL EM OITAVO LUGAR NA POBREZA INFANTIL

A taxa de pobreza infantil em Portugal é de 16,6%, um valor superior à média de 12,7% dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). Segundo um estudo publicado ontem, Portugal apresenta a oitava maior taxa de pobreza infantil entre os 34 países da OCDE, atrás de Israel, do México, da Turquia, dos Estados Unidos, da Polónia, do Chile e de Espanha. A Dinamarca, Noruega e Finlândia têm as menores taxas: de 3,7%, 4,2% e 5,5% respectivamente.


CAVACO ALERTA NO FACEBOOK

O Presidente da República escreveu ontem no Facebook que na cerimónia do 25 de Abril ficou claro que "existe um compromisso patriótico de unidade que deve juntar os portugueses". 


JUROS DA GRÉCIA A 25%

A pressão dos mercados financeiros sobre a Grécia e Portugal não pára: ontem, a taxa de juro da dívida pública grega a dois anos atingiu pela primeira vez os 25%; a da portuguesa ultrapassou os 11,8%.

A subida imparável dos juros das dívidas soberanas destes países resulta dos receios cada vez maiores dos investidores de que a Grécia terá de reestruturar a sua dívida. Por isso, a dívida pública grega a 10 anos bateu um novo recorde, ao atingir os 15,529%.

As taxas de juro da dívida pública portuguesa subiram ontem em todos os prazos, com excepção dos prazos de três e cinco anos. Os juros a 10 anos ultrapassaram os 9,7%.

Ontem, a possibilidade de um reescalonamento da dívida grega foi reforçada depois de um relatório do Eurostat ter indicado que Irlanda, Grécia, Espanha e Portugal apresentaram os défices orçamentais mais elevados da Zona Euro em 2010. Caso ocorra uma reestruturação da dívida da Grécia, os investidores serão penalizados nos seus investimentos.

Fonte: Correio da Manhã

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Mourinho: "Se digo o que penso a minha carreira termina hoje"

Mourinho: "Se digo o que penso a minha carreira termina hoje"
José Mourinho deixou duras críticas ao alemão Wolfgang Stark, que arbitrou a primeira mão da meia-final da Liga dos Campeões em que o Real Madrid perdeu com o Barcelona (2-0), admitindo que a eliminatória está perdida.

"Se lhe digo a ele (ao árbitro) e à UEFA o que penso e o que sinto, termina hoje a minha carreira. Como não posso dizer o que sinto, deixo uma pergunta: porquê?", questionou o treinador português do Real Madrid, que foi expulso do banco, por protestar o cartão vermelho mostrado a Pepe, aos 61 minutos.

Um porquê que, disse, rodeia muitas das passagens do Barcelona na Liga dos Campeões, pois na sua opinião houve "um escândalo" no Estádio Santiago Bernabéu que impedirá os catalães, se vencerem, de conquistar uma "Liga dos Campeões limpa".

"Espero que um dia tenha a resposta. Porque é que uma equipa (Barcelona) desta dimensão, uma fantástica equipa de futebol, necessita de uma coisa óbvia que todos vêem?", perguntou, referindo-se a vários casos que considera terem beneficiado os catalães.

"O futebol é para se jogar com regras iguais para todos. Depois, que ganhe o melhor, quem merece. Hoje empatávamos 0-0 e no segundo jogo o Barcelona ganhava. E com mérito, e não haveria mal nenhum", afirmou.

Mourinho: "Se digo o que penso a minha carreira termina hoje"

Na sua opinião, o jogo equilibrado transformou-se num jogo polémico, que deixa dúvidas a que "só o árbitro pode responder". Mourinho deixou duras críticas a vantagens arbitrais de que o Barcelona beneficiou em edições anteriores da competição e considerou que este ano, com o Madrid, "não foi possível fazer o milagre do ano passado, com o Inter".

"Sim [o Madrid] está eliminado. Vamos lá (a Barcelona) com todo o orgulho, com todo o respeito pelo nosso mundo, que é o futebol, mas que algumas vezes me dá um pouco de asco, viver e ganhar a minha vida neste mundo", disse.

"Vamos sem Pepe, que não fez nada, sem Sérgio [Ramos] que não fez nada, sem o treinador. Com um resultado praticamente impossível de recuperar. E se fizermos um golo lá e deixarmos a eliminatória um pouco aberta, matam-nos outra vez", afirmou.

Afirmando desconhecer os motivos da sua própria expulsão e insistindo que "ao árbitro não disse nada", Mourinho afirmou que continua sem entender a expulsão a Pepe e o amarelo que afastou Sérgio Ramos da segunda mão.

"E se gente do Barcelona é honesta, sabe perfeitamente que ganhar assim não tem o mesmo sabor", disse.

Depois, voltou a atacar Josep Guardiola, treinador do Barcelona, afirmando que o técnico catalão "é fantástico" mas ganhou uma Liga dos Campeões "depois de um escândalo" em Stamford Bridge, referindo-se à meia-final de 2009, com o Chelsea.

"Eu ganhei duas 'Champions'. E as duas no campo. E com duas equipas que não eram o Barcelona. O Josep Guardiola é um treinador fantástico de futebol. Mas ganhou uma 'Champions' que a mim me daria vergonha de ganhar, com o escândalo de Stamford Bridge. E se este ano ganhar a segunda, é com o escândalo do Bernabéu", afirmou.

"O Barcelona merece que o Guardiola ganhe uma dentro da normalidade", disse ainda.

O FC Barcelona anunciou que, esta quinta-feira, vai analisar a possibilidade de apresentar uma queixa contra José Mourinho na comissão de disciplina da UEFA. O treinador Josep Guardiola recusou-se a comentar as críticas do técnico português, saudando a actuação da equipa e a qualidade de Messi, autor dos golos da vitória.

Fonte: Jornal de Notícias

Rússia bloqueia condenação da violência na Síria

Rússia bloqueia condenação da violência na Síria
A proposta de declaração do Conselho de Segurança da ONU condenando a violência na Síria, apresentada por quatro países europeus, incluindo Portugal, foi bloqueada sobretudo devido à oposição da Rússia.

"A actual situação na Síria não representa uma ameaça à paz e segurança internacional", afirmou Alexander Pankin, "número dois" da missão da Rússia na ONU, justificando a oposição do seu país, já depois de a proposta ser abandonada e o Conselho de Segurança passar a uma reunião aberta.

A proposta apresentada por Portugal, Alemanha, França e Reino Unido, os quatro países da UE no Conselho de Segurança, reflectia a posição da União Europeia, condenando os actos de violência, apelando à calma no país, alinhando-se com as declarações do secretário-geral das Nações Unidas sobre a Síria.

"É cada vez mais claro que algumas das manifestações na Síria e noutros países contam que uma deterioração da situação force a comunidade internacional a ajudá-los e a tomar partido. Essa abordagem leva a um ciclo de violência sem fim. É um convite à guerra civil", adiantou Alexander Pankine, destacando o papel "basilar" da Síria na região.

Bashar Ja'afari, embaixador da Síria na ONU, destacou o "falhanço" da "tentativa de interferência na situação doméstica" da Síria. "O facto de o Conselho não ter conseguido sequer chegar a acordo sobre uma declaração à imprensa mostra que esta propaganda não teve qualquer consenso", disse o diplomata sírio depois da reunião

Ja"afari acusou "alguns membros influentes do Conselho" de estarem a manobrar para interferir no país, sublinhando que o "processo de reformas não será ditado pelo exterior".

Perante o Conselho de Segurança, leu um artigo "Washington Post" que menciona que o Departamento de Estado norte-americano está a financiar grupos que têm como objectivo derrubar regime sírio.

O diplomata rejeitou ainda uma investigação das Nações Unidas sobre os confrontos, o que disse competir apenas às autoridades.

A representante norte-americana na ONU, Susan Rice, voltou a condenar a resposta do regime sírio, e disse que Washington está a considerar toda uma gama de opções de retaliação, "incluindo sanções direccionadas".

Apontando para mais de 350 mortos nos confrontos das últimas semanas, o subsecretário geral das Nações Unidas Lynn Pascoe qualificou a réplica de Damasco aos protestos como uma "mistura de reformas com um crescendo de repressão violenta".

A ONU recebeu ainda informação da detenção "em grande escala" de manifestantes, activistas de direitos humanos, advogados e jornalistas e há "alegações sérias" de espancamentos e tortura de detidos, adiantou.

O diplomata português, Moraes Cabral, apelou ao governo sírio para usar a "contenção possível e assegurar a protecção dos seus cidadãos".

Fonte: Jornal de Notícias

Poupe combustível, mantendo o ar dos pneus com a pressão correta

The Bridgestone study checked 38,000 cars in 9 European countries
Se vai viajar, verifique o estado dos pneus. Manter a pressão correcta proporciona consumos optimizados, reduz as emissões de CO2, evita a compra prematura de novos pneus e garante maior segurança na condução.

A baixa pressão aumenta os consumos e o desgaste do pneu. A pressão em excesso reduz as capacidades de aderência e o desempenho. Os manuais da viatura especificam o valor ideal em função da carga. Verifique a pressão, antes de viagens longas ou após carregar o carro.

Uma das principais causas de danos prematuros nos pneus é também a calibragem incorrecta: ruídos estranhos e vibrações no volante são sinais a ter em atenção. Calibre os pneus periodicamente, em cada revisão ou sempre que detectar aqueles sintomas.

Fonte: Deco Proteste

Procura-se: Norte-americano procura mulher que fotografou há mais de 50 anos

Editora Globo
O fotógrafo norte-americano Bruce Davidson não consegue tirar uma memória de sua cabeça: uma garota segurando um gato. A fotografia foi registrada por ele enquanto ia a um show em Londres em 1960. A garota com cabelos curtos e olhar inocente foi convencida por Davinson a posar para sua câmera carregando um saco de dormir nos ombros e um filhote de gato nas mãos. Mas o fotógrafo nunca perguntou o nome da “musa”. 

Mais de cinquenta anos depois, Davinson, que entrou para o hall dos fotodocumentaristas mais conhecidos do mundo, trabalhou na revista Life e na Agência Magnum, quer saber quem foi a garota que capturou com suas lentes. O jornal britânico Daily Mail está colaborando com a busca e divulga um número de telefone para o envio de informações sobre a modelo de 50 anos atrás ( + 44 - 0207 938 6120).

Fonte: Revista Galileu

Reforma aos 102 anos

Mais antiga trabalhadora dos EUA

Aos 102 anos, aquela que é considerada como “a mais antiga trabalhadora no activo nos EUA” decidiu, finalmente, reformar-se. Sally Gordon trabalha no Congresso do Nebraska há mais de 80 anos, tendo mesmo assistido à construção do edifício, inaugurado em 1927. Conhecida pelo irrepreensível porte, não dispensa as caminhadas e come com pauzinhos chineses para manter a forma. “Ainda sou nova. Agora quero gozar a reforma”, afirma.

Fonte: Correio da Manhã

Agressão brutal no metro de Berlim, na estação de Friedrichstrasse

Dois jovens de 18 anos agrediram brutalmente um outro, de 29 anos, quando este regressava a casa após ter assistido a um evento desportivo. As imagens foram gravadas pelo sistema de vigilância do metro de Berlim, mas o juiz deixou os suspeitos em liberdade porque ninguém apresentou uma queixa contra eles.

Os dois agressores foram interrogados e admitiram ser aos autores da agressão ao rapaz de 29 anos, que foi atirado ao chão e depois agredido na cabeça com várias patadas, na estação de Friedrichstrasse, situada no centro da capital da Alemanha. Ontem, quatro dias após o ataque, a vítima conseguiu finalmente abrir os olhos, mas ainda não recuperou a fala.

O autor da maioria das patadas não tem antecedentes criminais e é filho de um advogado. Admitiu os factos quando foi confrontado com as imagens da câmara de vídeo do metro berlinense, diz o Der Sipegel, citado pelo El País.

ATENÇÃO: O vídeo possui imagens que podem chocar os leitores mais sensíveis.



Fonte: DN.PT

IVA, pensões e despedimentos garantidos

IVA, pensões e despedimentos garantidos
Taxas do IVA subiram na Grécia e na Irlanda. Pensões sofreram cortes. Despedimentos foram facilitados. Contratos a termo incentivados. Entrada no mercado de trabalho simplificado. Função pública encolhida. Está tudo na cartilha da 'troika'.

A equipa do FMI, da Comissão Europeia e do BCE aplicou 14 medidas idênticas na Grécia e na Irlanda, várias delas com aplicação quase segura também em Portugal.

O guião passa por aumento de vários impostos, do IVA ao IMI. E arrasta cortes nas pensões e despedimentos mais fáceis. Ao nível de reformas, a prioridade tem sido, até aqui, de acabar com as restrições das ordens profissionais à entrada de licenciados no mercado de trabalho, assim como o incentivo ao emprego em part-time.

O programa específico para Portugal, para já remetido ao mais absoluto segredo, está quase pronto. Deve ser entregue ao Governo no fim-de-semana e divulgado no início da próxima semana. O PSD está disposto a assiná-lo.

Fonte: DN.PT

Louçã: "FMI chega a Portugal depois de fracassos gigantescos na Irlanda e na Grécia"

O líder do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, afirmou hoje que o FMI chegou a Portugal “depois de fracassos gigantescos na Irlanda e na Grécia”, condenando a “enorme chantagem” de que está a ser alvo o país.

Durante a apresentação dos candidatos a deputados do Bloco de Esquerda pelo círculo do Porto, Francisco Louçã chamou a atenção para a “enorme chantagem que há sobre” Portugal, dando o exemplo das muitas notícias de primeira página dos últimos dias onde se avança que irá haver perda de subsídios e pensões e cortes nos salários em consequência das negociações com a troika.

“São sinetas que vão batendo sempre, chantagem pura”, criticou.

Segundo o líder do Bloco de Esquerda, “o FMI chega a Portugal depois de fracassos gigantescos na Irlanda e na Grécia”.

“Há mais desemprego: fracasso; há juros mais altos: fracasso; há mais precariedade: fracasso; há mais desprezo pelas pessoas: fracasso; há menos serviços de saúde: fracasso. Fracassos monumentais”, enumerou.

Segundo Louçã a chantagem que é feita a Portugal é que “este é o único caminho, não pode ser outro, desistam do vosso país”.

“Nós não desistimos. E por isso à chantagem dizemos simplesmente: não desistimos”, garantiu.

O bloquista avançou que o esforço do partido será “apresentar ao país uma alternativa esforçada de propostas concretas, de mobilização orçamentada, de ideias que possam trazer força e que possam basear-se nas experiências, na confiança que o movimento social, que a opinião pública, que a esquerda de valores pode trazer à sociedade para lhe trazer uma resposta”.

“E isso é também uma forma de enfrentar esta ideia da ajuda. A ajuda do FMI que traz hoje mesmo os juros da dívida já ao nível dos 12 por cento”, condenou.

Francisco Louçã antecipou também aqueles que são os objetivos do Bloco de Esquerda para o distrito do Porto nas próximas legislativas de 5 de junho.

“Queremos que o Bloco de Esquerda consolide a posição das últimas legislativas, seja mais forte (…) e por isso, sim, definimos como objetivo disputar esses 704 votos que faltam para a eleição de uma quarta representação no Parlamento [pelo Distrito do Porto] para que no país inteiro o Bloco de Esquerda seja mais forte”, sublinhou.

O cabeça de lista do partido pelo Porto será o mesmo das legislativas de 2009, João Semedo, seguindo-se os também deputados Catarina Martins e José Soeiro.

Foi ainda entregue aos jornalistas a “prestação de contas” do trabalho dos três deputados bloquistas pelo círculo do Porto no ano e meio da XI legislatura, tendo feitas mais de 100 visitas e sessões públicas em todos os concelhos do distrito.

Os três deputados do Porto foram os signatários de 51 projetos de lei, 22 projetos de resolução, quatro apreciações parlamentares, tendo ainda entregue cerca de mil requerimentos e perguntas na Assembleia da República.

Fonte: @Lusa / Sapo

quarta-feira, 27 de abril de 2011

FMI tira 14.º mês às reformas

Corte no subsídio de férias dos reformados está na mesa das negociações.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) está a pressionar para que Portugal proceda à extinção do 14º mês dos pensionistas. A poucos dias de o FMI apresentar o seu plano para a redução dos gastos no Estado, uma das propostas que estão sobre a mesa das negociações é o corte total do subsídio de férias dos reformados.

Com esta medida, a poupança anual rondará 1,6 mil milhões de euros na Segurança Social e na Caixa Geral de Aposentações (CGA). O corte do 14º mês aos pensionistas é encarado, segundo apurou o CM, como um meio de evitar uma penalização excessiva sobre os trabalhadores no activo. E tudo porque estes poderão ser também afectados por alterações nos escalões de IRS, como está previsto no Programa de Estabilidade e Crescimento 4.

A provável eliminação do subsídio de férias dos reformados será também facilitada pela constatação de que Portugal é um dos poucos países europeus onde os pensionistas recebem subsídio de férias. Para já, segundo garante fonte conhecedora, "não há ainda uma decisão política". Criado em 1990 pelo então primeiro-ministro Cavaco Silva, através da portaria 470, o 14º mês dos pensionistas não é considerado um direito social adquirido. Por isso, João Cantiga Esteves, especialista em Segurança Social no Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), está convicto de que, face à grave crise económico-financeira do País, "entre as várias vertentes, essa [14º mês] vai ter de ser cortada". Só que, frisa, "para já o corte do 14º mês não deveria abranger as pensões mais baixas".

Já Bagão Félix, ex-ministro da Segurança Social e das Finanças, diz que se "deve fazer o possível para não cortar o 14º mês aos pensionistas, porque há pensões muito baixas". E remata: "É uma das medidas mais eficazes do ponto de vista da despesa pública, mas das mais injustas do ponto de vista social."

Certo é que, com as revisões do défice orçamental em 2010, Portugal registou um buraco nas contas públicas de 9,1 por cento – sendo com esta percentagem o quinto défice mais alto da União Europeia.


TEIXEIRA DOS SANTOS EM VILA NOVA DE CERVEIRA NO DIA DA REVOLUÇÃO


O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, esteve entre o Porto e a sua casa de férias em Vila Nova de Cerveira no fim-de-semana das comemorações do 25 de Abril. Ao contrário do que foi dito pelo primeiro-ministro José Sócrates, a ausência de Teixeira dos Santos da celebração em Belém não se deveu a qualquer reunião de trabalho.

A ausência gerou alguma polémica, sobretudo depois de se ter sabido também que o ministro de Estado e das Finanças não tinha sido convidado para figurar nas listas do PS pelo Porto, como aconteceu nas últimas eleições legislativas. Oficialmente, o gabinete do ministro não respondeu às perguntas do CM até ao fecho desta edição.


PSD INSISTE EM CONHECER IMPACTO DAS PPP NO DÉFICE ATÉ 2014


Eduardo Catroga enviou ontem, em nome do PSD, uma nova carta ao ministro da Presidência, insistindo em conhecer o impacto das parcerias público-privadas (PPP) e das concessões nas contas públicas no período 2011-2014.

"O País não se pode ver na situação em que, por deficiências nos pressupostos de cálculo das suas necessidades de financiamento para o período referido, venha a ter a necessidade de voltar a bater à porta dos nossos parceiros para uma nova ajuda externa", escreve o ex-ministro das Finanças.

Fonte: Correio da Manhã

Vive na África do Sul: Comendador atacado em casa por gang

O empresário e comendador português Rodolfo Gallego foi assaltado e agredido dentro da sua residência em Turfontein, no sul de Joanesburgo, África do Sul, por um gang de seis homens armados.

Em casa estava também a sua mulher, que terá sido ameaçada de violação caso resistissem ao assalto e se recusassem entregar o dinheiro e os objectos de valor pretendidos.

Tudo se passou anteontem à noite. Apesar de o complexo onde vive Rudy Gallego, como é conhecido, ser vigiado por seguranças, estes não foram capazes de evitar o assalto. Rudy foi agredido com violência e os assaltantes levaram diversos objectos de ouro, telemóveis, uma quantia em dinheiro por apurar e ainda outros objectos de valor.

Rudolfo Gallego, presidente da Academia-Mãe do Bacalhau de Joanesburgo, foi distinguido, em 2003, com a Ordem do Infante D. Henrique pelo então Presidente da República Jorge Sampaio. No ano seguinte, foi candidato a deputado pelo PS.

Fonte: Correio da Manhã

Loures: Cabeleireira degolada em vivenda de Camarate

Mulher de 64 anos esfaqueada até à morte no pescoço e abdómen.

José Almeida e duas vizinhas já tinham um mau pressentimento assim que decidiram entrar na vivenda Alves, pelas 22h00 de anteontem, em Camarate, Loures. Os estores estavam abertos à noite, o que "nunca acontecia", e a proprietária não atendia os telefones. Armado com um pau, com receio de encontrar um ladrão, José entrou na casa pé ante pé, deparando-se com um cenário macabro. Maria Gurgel, cabeleireira de 64 anos, estava morta, envolta numa poça de sangue. Tinha sido esfaqueada na zona da barriga e degolada cirurgicamente.

O caso está entregue à Secção de Homicídios da Judiciária de Lisboa, que já terá afastado a hipótese de roubo como móbil do crime: de casa da vítima, uma vivenda onde vivia sozinha na rua das Flores, no Bairro da Bogalheira, em Camarate, nada foi levado, apurou ontem o CM.

O alerta foi dado pela vizinha da frente, que estranhou o facto de Maria Gurgel ter os estores da sala completamente abertos àquela hora. E não atendia os dois telefones. Alertou outra moradora, que era mais próxima da cabeleireira e até tinha a sua chave de casa. Assustadas, pediram a José Almeida para as acompanhar.

"Desconfiámos de que estaria a acontecer algo e levei comigo um pau. Fomos até lá e abrimos a porta, empurrei-a com o pau. Dei apenas uns passos até que vi a ‘Mariazinha’ [como era conhecida a vítima] deitada no chão da cozinha, virada para cima. Tinha imenso sangue na barriga e apresentava marcas no pescoço. Saímos logo dali e chamámos a polícia", contou José.

ANTES DO CRIME FOI AO CAFÉ COM A VIZINHA

Na estreita rua das Flores ninguém se apercebeu de pessoas estranhas no dia do homicídio, segunda-feira à noite. Sabe-se, no entanto, que o crime só pode ter ocorrido num período de tempo de quatro horas. "Uma das vizinhas tinha ido tomar café com a ‘Mariazinha’ às 17h00 e, depois de acabarem, foi cada uma para casa", disse ontem ao CM José Almeida. "Nós entrámos na casa pelas 22h00 e depois, segundo nos disseram, o corpo dela já estava frio, pelo que terá morrido algum tempo antes". Perante o cenário, foram chamados os bombeiros e a PSP de Camarate. Dada a natureza do crime, inspectores da PJ estiveram no local a recolher indícios durante a noite e já na manhã de on tem. Só pelas 04h30 da madrugada de ontem o corpo da cabeleireira foi retirado da casa pelas autoridades.

CRIME RESOLVIDO EM 15 DIAS

Na tarde de 21 de Fevereiro, a Polícia Judiciária deparou-se com um cenário quase idêntico ao de Camarate, quando foi chamada a uma casa na zona do Areeiro, Lisboa. Sem motivo aparente, um homem invadira a residência e assassinara com 18 facadas o médico cubano Manuel Noya. A vantagem para os investigadores, nesse caso, foi o facto de haver testemunhas entre os vizinhos. E no espaço de duas semanas foi detido na zona do Intendente Miguel Ângelo, 25 anos, um cadastrado por roubos que tinha saído da cadeia em 2010. Tem ainda dez processos pendentes, todos por crimes de roubo e agressões.

Fonte: Correio da Manhã

À saída de restaurante nova-iorquino, videovigilância capta homem "Trevonne Winn"a ser abatido na rua

A polícia de Nova Iorque divulgou as imagens chocantes de um homem a ser abatido numa rua de Brooklyn a sangue frio.

O crime ocorreu no fim-de-semana e as autoridades decidiram mostrar imagens de videovigilância, que captaram o momento, por acreditarem que alguém que veja a filmagem possa dar uma pista sobre o atirador.

Trevonne Winn, de 24 anos, é a vítima mortal deste episódio e estava encostado a uma parede junto ao restaurante ‘Crown Fried Chicken', quando é subitante atacado por um homem vestido com calças escuras.

Winn estava em Nova Iorque a visitar familiares, sendo natural da Carolina do Norte.

Em reacção à tragédia, a mãe da vítima, Tracey Winn, reagiu: "Isto não tem sentido. Ele não conhecia ninguém em Nova Iorque para ser assim baleado", disse, citada pelo ‘New York Daily News'.

NOTA: As imagens que se seguem podem ferir a susceptibilidade de pessoas mais sensíveis.


Online desde dia 25 de Abril, o site (www.despesapublica.com) ficou esta quarta-feira com a conta suspensa, por razões ainda desconhecidas.

O site Despesa Pública (www.despesapublica.com) foi lançado propositadamente no Dia da Liberdade, 25 de Abril, com o lema "Saiba onde, como e por quem é gasto o dinheiro dos contribuintes", que disponibiliza todos os contratos por ajuste directo que estão a ser feitos diariamente por entidades públicas, cruzando informação com a data de criação das empresas contratadas.

"Seguindo as pisadas de outros projectos semelhantes em Portugal (transparencia-pt.org, desactualizado), Espanha (GastoPublico.es) e um pouco pelo resto do Mundo, este projecto pretende disponibilizar de forma simples, organizada e detalhada a despesa do Estado", refere a equipa do site, num comunicado enviado à agência Lusa.

Numa primeira fase, o Despesa Pública está a recolher os dados dos ajustes directos (feitos sem recurso a concurso público) publicados no site de contratos públicos online do Governo (www.base.gov.pt) e os dados das empresas constantes no site de publicações do Ministério da Justiça (http://publicacoes.mj.pt).

De acordo com um texto que era apresentado no site, podia-se ler que se aproveitou "para tratar e armazenar a informação recolhida de forma estruturada, para que seja possível o cruzamento dos dados provenientes das diferentes fontes". 

O facto do lançamento ser dia 25 de Abril "é um primeiro passo deste projecto, estando previstas não só a distribuição livre e em formatos abertos da informação que serve de base a este site, bem como a integração de outro tipo de despesa por parte das entidade públicas", refere o grupo de cidadãos que criaram o site.

"No futuro também contamos disponibilizar uma API [aplicação informática] para a integração com outros sites", acrescenta. 

No total, o portal tinha reunido até há cerca de uma hora cerca de 202 mil ajustes directos feitos nos últimos anos, no valor global de 8,1 mil milhões de euros, a que corresponde um valor médio de 40 mil euros por contrato ou adjudicação.

Segundo o Relatório 2010 das Contratações Públicas em Portugal, divulgado em Janeiro pelo Governo, 92 por cento das adjudicações do Estado no ano passado foram feitas por ajuste directo.

Em valor, o ajuste directo correspondeu a 35 por cento das adjudicações, enquanto os concursos públicos representaram 34 por cento e os concursos limitados por qualificação prévia 31 por cento.

Fonte: Correio da Manhã

Casa Branca divulga certidão longa de nascimento de Barack Obama


Depois da polémica com o local de nascimento do presidente dos EUA, Barack Obama, a Casa Branca decidiu publicar hoje na internet a versão longa da certidão de nascimento do presidente dos EUA. Obama declarou-se hoje, em conferência de imprensa, perplexo devido às teorias de conspiração a respeito de seu lugar de nascimento. 

Obama afirmou que a obsessão da imprensa sobre esta questão é uma distração num momento difícil.

"Não temos tempo para esse tipo de tolice", afirmou Obama em conferência de imprensa, acrescentando estar perplexo com a controvérsia criada em torno do tema.

Obama convocou hoje uma conferência de imprensa depois da Casa Branca ter divulgado pela primeira vez, a versão longa da certidão do seu nascimento, no estado do Havai.

Uma versão curta deste documento já foi posta na internet pela administração de Obama durante a campanha presidencial de 2007-2008, depois dos seus adversários terem colocado em dúvida o facto de o então candidato não ser americano.

Fonte: @SAPO com AFP

Obras Públicas: Estado adjudicou contratos a empresas que não existiam

Dezenas de entidades públicas assinaram nos últimos anos contratos por ajuste directo no valor global de cerca de 800 mil euros com empresas que ainda não tinham sido constituídas, revela o novo serviço online Despesa Pública.

O site Despesa Pública (www.despesapublica.com), anunciado hoje, foi lançado por um grupo de cidadãos no Dia da Liberdade, 25 de Abril, com o lema "Saiba onde, como e por quem é gasto o dinheiro dos contribuintes".

Cruzando dados oficiais da criação de empresas e dos ajustes directos (sem concurso público), o site permite chegar a "alguns resultados bastante curiosos e de carácter duvidoso", nomeadamente de contratos e adjudicações feitos por entidades da administração central, regional ou local a empresas ainda inexistentes ou criadas pouco dias antes.

A maior parte dos casos de adjudicações a empresas ainda não formalmente constituídas refere-se a contratos feitos com revisores oficiais de contas (ROC).

O caso extremo é o dos Serviços Municipalizados de Abrantes, que terão adjudicado uma prestação de serviços a uma sociedade ROC mais de um ano e meio (606 dias) antes de esta ter sido criada.

Também a Direcção Geral dos Impostos terá adjudicado a compra de uma envelopadora por 14.450 euros a uma empresa que só foi constituída 15 dias depois.

O Ministério da Defesa terá assinado um contrato de 9.160 euros para o fornecimento de material de combate a incêndios por uma empresa que só terá sido constituída 11 dias depois.

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa terá contratado o fornecimento de 50,7 mil euros de material eléctrico a uma empresa constituída três dias depois.

Os 30 casos referem-se apenas à data de publicação da adjudicação, mas há mais algumas dezenas de contratos assinados antes de as empresas terem sido constituídas e publicados só depois.

Das empresas criadas em 2011, 15 já beneficiaram de 17 contratos com entidades públicas por ajuste directo, no valor global de 870 mil euros.

Uma empresa da área da consultadoria, a mais recente listada no site, terá sido contratada pelo Município do Seixal para prestar serviços de acompanhamento dos planos de pormenor um dia antes (1 de Março) de ter sido formalmente constituída, tendo a adjudicação sido publicada dias depois (10 de Março).

A equipa do site Despesa Pública reconhece que, "por vezes", a informação recolhida "não está 100 por cento correcta", pelo que apela à colaboração de todos na sua validação.

Para testar o novo serviço, a Lusa fez algumas pesquisas directamente nos sites do Governo que servem de fonte ao Despesa Pública (www.base.gov.pt e http://publicacoes.mj.pt) e verificou que são iguais, pelo que, a haver engano, será de alguma das bases de dados oficiais.

Fonte: Económico com Lusa   

Que tipo de Aberração é esta?

Russia: M249 SAW Rampage!

Rússia: Caçadeira Automática (AA-12 Fully Automatic Shotgun)

Katie Price: "É milagre estarmos vivos"

Katie Price sofreu um acidente de viação na Argentina. "É um milagre estarmos vivos. Foi assustador", sublinhou a modelo ao jornal ‘Daily Mail’. Acompanhada de Leandro Penna, o namorado, Katie viajava numa viatura que bateu em dois cavalos, os quais morreram na sequência do impacto.

"Foi tudo muito rápido. E fiquei surpreendida por não ter ficado com ferimentos graves", acrescentou ao jornal. "Tive sorte mas fiquei muito abalada com a morte dos cavalos", frisou.

Testemunhas do acidente garantem que o casal sobreviveu graças aos cintos de segurança. Katie sofreu só alguns cortes devido aos estilhaços do pára-brisas.

Fonte: Vidas / Correio da Manhã