segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Insólito: Belga descobre que a sua mulher tinha sido um homem

Janeiro teve 19 anos, não suspeita.  "Eu nunca me perguntei por que ela não queria ter filhos."
Ao fim de 19 anos de casado, um belga descobriu que a sua mulher indonésia tinha nascido homem e fizera uma operação para mudar de sexo. Agora quer avançar para o divórcio.

O homem, apenas referido por Jan, casou com Mónica em 1993, mas só há poucas semanas descobriu que a sua mulher indonésia tinha originalmente nascido como homem e mais tarde feito uma operação para mudar de sexo. "Senti-me como se tivesse sido assaltado", contou ao jornal belga "Het Nieuwsblad".

"Trouxe-a para a Bélgica e não foi fácil devido às questões legais com a imigração. Os tribunais belgas tiveram grandes dúvidas acerca da autenticidade da sua certidão de nascimento e em relação à sua identificação, mas acabaram por aceitá-los. Eu pensei que ela era uma mulher, muito atraente até, porque não tem qualquer traço masculino que indicasse o contrário", diz Jan, de 64 anos, adiantando que ele e Mónica decidiram não ter filhos porque ele já tinha dois do seu primeiro casamento. Jan afirma que ela o enganou durante todo este tempo, fingindo que estava com a menstruação, como uma mulher normal, e que mesmo durante o ato sexual não notou nada de estranho.

Segundo avança o jornal britânico "The Telegraph", durante vários anos viveram uma vida normal e Mónica, de 48 anos, dava-se muito bem com os seus filhos, até que o casamento começou a ter problemas quando ela arranjou um emprego a tempo inteiro. "Monica mudou muito", diz Jan, adiantando que o seu filho mais velho a via muitas vezes "em clubes noturnos" e que começou a usar roupas mais provocantes. "Quando um amigo meu me disse que Monica era um homem que tinha mudado de sexo não quis acreditar, mas o meu filho também tinha ouvido rumores semelhantes", revela.

Quando Jan decidiu confrontar Mónica com esses rumores, ela confessou que tinha nascido rapaz e que mais tarde se tinha submetido a uma operação para mudar de sexo, mas como agora era uma mulher, não tinha de estar a falar do seu "outro passado".

Com essa confissão, "o meu mundo desabou", lamenta Jan, que passou a ser seguido por um psiquiatra após a descoberta e tenta agora obter o divórcio de Mónica junto dos tribunais belgas.

Fonte: DN.PT

Nenhum comentário:

Postar um comentário