sexta-feira, 12 de abril de 2013

Polícia do Dubai faz patrulha em carros de luxo

Polícia do Dubai faz patrulha em carros de luxo
Lamborguinis com valores aproximados de 420 mil euros são os carros de patrulha da polícia do Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. O objetivo é "reforçar a imagem de luxo e prosperidade do país", diz fonte oficial.

Pintados de branco e verde, estes carros de patrulha costumam circular em zonas mais turísticas, como os arredores do edifício mais alto do Mundo, a Burj Khalifa, em velocidade baixa para que possam ser devidamente apreciados por quem passa.

Até agora, os agentes do Dubai usavam carros de origem alemã ou japonesa.

São agora duas as forças policias a utilizar estes carros. Antes dos Emirados Árabes Unidos, já a polícia italiana exibia os seus carros patrulha: Lamborghinis, neste caso, pintados de azul e branco.

Fonte: Jornal de Notícias

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Famoso físico aconselha a fugir do nosso planeta

espaço, Terra, humanidade
Stephen Hawking, famoso astrofísico britânico, quem figura entre os 10 gênios da atualidade, considera que a Humanidade necessita de colonizar urgentemente outros planetas. Caso contrário, os homens não conseguirão sobreviver nem mais mil anos.

Na opinião do cientista, os homens não devem “esconder-se” na Terra mas sim, “disseminar-se” no espaço. Hawking não exclui a hipótese de que haja vida biológica em áreas distantes do Universo. Considera, porém, que o contato com seus portadores poderia trazer sofrimentos à Humanidade.

“Devemos compreender como funciona o Universo; então, poderemos controlá-lo. Olhem mais para as estrelas, não para o chão”, disse o grande físico.

Fonte: Voz da Rússia

terça-feira, 9 de abril de 2013

Coreia do Norte avisa estrangeiros na Coreia do Sul para prepararem saída

Coreia do Norte avisa estrangeiros na Coreia do Sul para prepararem saída
A Coreia do Norte recomendou aos estrangeiros que vivem na Coreia do Sul que tenham planos de evacuação. Também esta terça-feira, Pyongyang retirou os seus 54 mil trabalhadores do complexo industrial de Kaesong.

A advertência aos estrageiros que vivem na Coreia do Sul foi feita pelo porta-voz do Comité da Paz da Ásia-Pacífico da Coreia do Norte, que assegurou que o regime "não quer ver os estrangeiros a serem afetados se estalar uma guerra", segundo a agência estatal de Pyongyang, a KCNA.

O regime de Kim Jong-un já tinha aconselhado o pessoal das embaixadas na sua capital a abandonarem o país antes de dia 10 de abril sob o argumento de uma suposta guerra para breve, em mais uma etapa da tensão regional.

Também esta terça-feira, os trabalhadores norte-coreanos do complexo industrial de Kaesong, único projeto em vigor de cooperação entre as Coreias do Sul e do Norte não compareceram ao trabalho, cumprindo a ameaça de Pyongyang e suspendendo as operações no parque industrial.

Um porta-voz do Ministério da Unificação confirmou à agência Efe que os trabalhadores não se apresentaram ao trabalho e que a Coreia do Norte não planeia os habituais serviços de autocarro utilizados no transporte dos trabalhadores entre as suas casas e o parque.

O regime norte-coreano alertou, segunda-feira, que iria retirar do parque todos os 54 mil trabalhadores que laboravam nas 123 empresas sul-coreanas instaladas na zona e depois de seis dias em que impediu a entrada de cidadão da Coreia do Sul no complexo.

O complexo de Kaesong foi aberto em 2004 numa época de aproximação entre as duas Coreias e como forma de cooperação do Sul para com o Norte.

Fonte: Jornal de Notícias

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Coreia: Militares alertam para possível ataque no dia 15

O regime de Kim Jong-un poderá fazer disparos de míssil no próximo dia 15, data de aniversário do seu avô e fundador do regime comunista na Coreia do Norte.

A Coreia do Norte mobilizou um segundo míssil de médio alcance para a sua costa leste e implantou-os nas plataformas móveis. O Ministério da Defesa, que confirmou a mobilização de um primeiro míssil na quinta-feira, recusou comentar a informação avançada.

"Confirma-se que a Coreia do Norte transportou, no início desta semana, dois mísseis Musudan de médio alcance de comboio para a costa leste, implantando-os em viaturas equipadas com plataformas de lançamento", disse fonte oficial citada pela agência sul-coreana Yonhap.

O míssil Musudan foi apresentado, pela primeira vez, numa parada militar, em Outubro de 2010, acreditando-se ser dotado de uma capacidade de alcance de cerca de 3.000 quilómetros, passível de atingir alvos na Coreia do Sul e no Japão.

"O Norte está, aparentemente, disposto a disparar estes mísseis, sem avisar", acrescentou o mesmo responsável à agência de notícias sul-coreana. Fontes militares ouvidas pela Yonhap dizem que o regime liderado por Kim Jong-un poderá fazer disparos de míssil no próximo dia 15, data de aniversário do seu avô e fundador do regime comunista na Coreia do Norte, Kim Il-sung, o qual faleceu em 1994.

Coreia do Sul pondera retirada de trabalhadores de Kaesong

A Coreia do Sul poderá retirar os seus trabalhadores do complexo industrial conjunto com a Coreia do Norte se a situação se tornar insustentável à medida que as tensões entre os dois países aumentam, afirmou hoje o ministro da Unificação.

"Penso que podemos ter de retirar os trabalhadores sul-coreanos de Kaesong para a sua própria segurança caso a situação assim o exija", disse o ministro da Unificação, Ryoo Kihl-Jae.

Contudo, a actual ameaça para a sua segurança não é "tão elevada", ao ponto de se considerar uma retirada, disse Ryoo, acrescentando que qualquer acção seria tomada após consulta das 123 empresas sul-coreanas que operam no complexo industrial.

Ainda assim, a Coreia do Sul destacou hoje dois navios com sistemas para interceptar mísseis nas costas do Mar Amarelo e Mar do Japão face a movimentos que indicavam que o Norte poderia estar a preparar um lançamento.

Fonte: Economico

Coreia do Norte instala outro míssil balístico na costa leste

Coreia do Norte, míssil balístico, fronteira
A Coreia do Norte transferiu um segundo míssil balístico de médio alcance para sua costa leste, informou a agência de notícias Yonhap citando representantes de círculos militares.

Segundo a fonte da agência, os mísseis se encontram instalados em sistemas lançadores móveis e estão escondidos numa instalação de propósito desconhecido.

Anteriormente, a agência Yonhap, referindo-se a dados de inteligência da Coreia do Sul e dos EUA, informara que a Coreia do Norte havia transferido para esta área um míssil balístico do tipo Musudan, de cerca de 3.000-4.000 quilômetros de alcance.

Fonte: Voz da Rússia

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Coreia: Pyongyang aprova ataque militar nuclear aos EUA

Norte-coreanos organizaram uma manifestação de "vontade pela vitória" contra os EUA
O Exército norte-coreano disse hoje, quinta-feira na Coreia do Norte, que obteve a aprovação final para um ataque militar "impiedoso" aos Estados Unidos da América (EUA), que pode abranger o uso de armas nucleares "avançadas", avançou a AFP.


Num comunicado publicado pela agência noticiosa oficial da Coreia do Norte, KCNA, e citado pela agência de notícias francesa France Presse (AFP), o Exército "informou formalmente Washington" de que as ameaças imprudentes dos norte-americanos seriam "esmagadas por armas nucleares com tecnologia de ponta, mais pequenas, mais leves e diversificadas".

"A operação impiedosa das nossas forças armadas revolucionárias com este objetivo [atacar os EUA] foi finalmente aprovada", lia-se no comunicado, que advertia ainda os EUA a "ponderar melhor a grave situação".

O comunicado acrescenta que "o momento da explosão está próximo", avisando que a guerra na península coreana pode começar "hoje ou amanhã [quinta-feira ou sexta-feira, no horário local)".

O Pentágono anunciou hoje que vai colocar um sistema antimísseis na base norte-americana de Guam, no Pacífico, como medida de "precaução" face às ameaças da Coreia do Norte.

"Este posicionamento fortalecerá as capacidades para defender os cidadãos norte-americanos do território de Guam e as forças ali estacionadas", refere um comunicado do Departamento de Defesa norte-americano.

Trata-se "de uma medida de precaução para fortalecer a posição [dos Estados Unidos] contra a ameaça regional de mísseis balísticos da Coreia do Norte".

O Terminal de Defesa de Alta Altitude será enviado nas próximas semanas para Guam. É o único existente capaz de destruir mísseis de curto e médio alcance, dentro ou fora da atmosfera terrestre.

O Secretário de Estado da Defesa norte-americano, Chuck Hagel, disse hoje que as ameaças e recentes ações por parte da Coreia do Norte representam "um perigo real e claro" para os Estados Unidos, assim como para os seus aliados Coreia do Sul e Japão.

A China apelou hoje à "calma e contenção" na península coreana, depois de as autoridades norte-coreanas terem bloqueado o acesso de trabalhadores sul-coreanos ao complexo industrial de Kaesong, junto à fronteira entre os dois países.

O ministro da Defesa da Coreia do Sul afirmou hoje dispor de planos de contingência, que incluem uma eventual ação militar, para garantir a segurança dos sul-coreanos que trabalham no complexo industrial Kaesong, em solo norte-coreano.

Fonte: DN.PT

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Sondagem: Um quarto dos americanos acha que Obama pode ser o "anticristo"

Um quarto dos americanos acha que Obama pode ser o "anticristo"
Cerca de 25% dos norte-americanos acreditam que o Presidente pode ser o "anticristo", mais de um terço pensa que o aquecimento global não passa de uma mentira e mais de metade suspeita que uma elite, ao nível global, está a tentar estabelecer uma nova ordem mundial.

Uma sondagem sobre as convicções dos norte-americanos sobre as mais variadas teorias da conspirações foi divulgada na terça-feira, com resultados, no mínimo surpreendentes: 13% dos inquiridos responderam pensar que Barack Obama é, efetivamente, o "anticristo", enquanto outros tantos "não têm a certeza". Apenas 73% dos inquiridos mostraram a convicção de que o Prsidente não é o "anticristo"...

O estudo mostra ainda que 37% dos americanos não acredita que o aquecimento global é uma realidade e que 54% admite uma nova ordem mundial possa estar a ser preparada.

Mas nem todas as teorias da conspiração merecem este nível de apoio por parte da população dos EUA. Apenas 7% dos inquiridos responderam acreditar que a chegada à Lua não passou de uma encenação, enquanto só 14% estão convencidos da existência do Big Foot. Ainda assim, 5% acgam que Paul McCartney morreu num acidente de carro em 1966 e foi suibstituído por um duplo.

Fonte: Jornal Visão

Coreia do Norte manda para casa vizinhos do Sul

Trabalhadores sul-coreanos foram hoje impedidos de entrar no complexo industrial de Kaesong, do outro lado da fronteira
É mais um sinal da tensão entre as duas Coreias. A do Norte impediu hoje os seus vizinhos do Sul de acederam ao complexo industrial de Kaesong, o único elo de ligação entre os dois países.

A Coreia do Norte impediu hoje a entrada de cidadãos sul-coreanos ao complexo industrial de Kaesong, localizado no seu território. A Coreia do Sul já garantiu que, se for necessário, garantirá através de uma intervenção militar a seguranças dos seus cidadãos no único projeto conjunto entre os dois países.

"Preparámos um plano de contingência que inclui uma possível ação militar, caso haja uma situação grave", afirmou o ministro da Defesa da Coreia do Sul, Kim Kwan-Jin, durante uma reunião dos membros do partido conservador.

Segundo a agência Reuters, que cita fonte oficial, os cerca de 800 trabalhadores sul-coreanos que pernoitaram no complexo não serão impedidos de regressar a casa.

Inaugurado em agosto de 2000, como forma de cooperação entre os dois países desavindos, estão instaladas em Kaesong 123 empresas, muitas das quais são propriedade de empresários sul-coreanos.

Entre as centenas de trabalhadores que foram impedidos entrar no complexo, dominava a sensação de que Kaesong será definitivamente encerrado.

"A confiança entre a Coreia do Norte e do Sul está a desmoronar-se. Acabaremos por ter de assumir os prejuízos", disse à Reuters um empresário sul-coreano, dono de uma fábrica de pronto a vestir onde trabalham 600 norte-coreanos que recebem, em média, 130 dólares (100 euros) por mês.

Um outro empresário contou à Reuters que desde que a Coreia do Norte declarou guerra ao vizinho do sul, que os trabalhadores norte-coreanos têm uma atitude pouco amigável. 

As 123 empresas sul-coreanas pagam, anualmente, mais de 80 milhões de dólares (cerca de 62,3 milhões de euros) em salários aos trabalhadores do complexo e permite um encaixe, segundo a Coreia do Sul, de dois mil milhões de dólares (1.6 mil milhões de euros) por ano a Pyonyang.

Fonte: Jornal Expresso

terça-feira, 2 de abril de 2013

G5: Cientistas russos descobriram elixir da juventude

cientistas, medicina, saúde
Pesquisadores siberianos testaram com êxito em si mesmos um "comprimido da juventude". O fármaco G5 estava sendo desenvolvido para tratamento da cirrose hepática. Não obstante, verificou-se que seu campo de aplicação é muito mais amplo.

Foi uma notícia sensacional que o G5 é capaz de produzir um efeito de rejuvenescimento. Por enquanto, aliás, é cedo para cantar vitória: em primeiro lugar, os principais testes do medicamento serão ainda realizados; e, em segundo lugar, esta já não é a primeira vez em que a ciência mundial anuncia mais uma "descoberta do século".

Os cientistas do Instituto de Pesquisas em Farmacologia da cidade siberiana de Tomsk, Rússia, se aproximaram da criação de um remédio universal contra todas as enfermidades. O G5, ou o "comprimido da juventude", como o batizaram em seguida os jornalistas, estimula a medula óssea a produzir de forma ativa as células-tronco, que são necessárias para a recuperação de quaisquer órgãos e tecidos afetados. Vários pesquisadores já experimentaram em si próprios a eficácia do medicamento. Como é o mecanismo de funcionamento do G5, explicou à Voz da Rússia Andrei Bekarev, diretor da empresa desenvolvedora do fármaco:

"Existe um conceito que se denomina de "matriz extracelular". Trata-se de uma substância intercelular, através da qual se produz o lançamento de células-tronco. É um mecanismo concebido pela natureza, quer dizer, mecanismo que funciona de maneira natural, sobretudo, na juventude, quando todas as lesões se curam facilmente, e o ser humano supera com facilidade doenças. Pois, uma das teorias explica o envelhecimento e as enfermidades crônicas com disfunções, justamente, da matriz extracelular. Nosso desenvolvimento resolve várias questões. Em particular, ao alterar a estrutura da matriz extracelular, o fármaco favorece a que as células-tronco surjam em quantidades maiores, possibilita a todas elas se deslocarem quase sem impedimentos dentro do organismo e, portanto, faz com que todos os processos venham a decorrer de uma forma, em certo grau, diferente".

As experiências em ratos mostraram o seguinte: os roedores não medicados com o G5 envelheciam rapidamente, enquanto seus congêneres que o recebiam, viviam por mais tempo, sendo ativos e saudáveis até os últimos dias. Contudo, a vida humana tem duração muito mais larga do que a dos ratos. Por isso, os estudos do G5 como remédio contra o envelhecimento podem prolongar-se por vários décadas. O gerontologista Yuri Konev assinala que as notícias sobre novas substâncias com milagrosos efeitos rejuvenescedores aparecem, ao menos, a cada três ou quatro meses. No entanto, inclusive os titãs da luta contra a velhice, como, por exemplo, o acadêmico Vladimir Skulachev, quem iniciou seus experimentos ainda no fim da década de 1960, distam muito da vitória sobre o tempo:

"O acadêmico Skulachev ainda não finalizou o desenvolvimento de seu remédio. Dizem que nas mãos do autor funciona, embora a aparência do mesmo Skulachev não o confirma. Atualmente, seu filho e seu neto é que seguem desenvolvendo o seu projeto. E terão trabalho por toda a vida".

Na verdade, a busca de uma fonte da longevidade é uma tarefa que requer séculos. As doenças, porém, os males concretos, requerem tratamento agora, desde já. O G5 tem ampla gama de indicações: de infertilidade a doenças pulmonares. Mas os pesquisadores se concentraram por enquanto numa só – a cirrose hepática. Isso permitirá lançar mais rápido o medicamento no mercado. Os ensaios clínicos oficiais do G5, com participação de voluntários, terão seu início em novembro. Dentro de alguns anos, o medicamento poderá aparecer em farmácias.

Fonte: Voz da Rússia

EUA: A maldição de Bin Laden

Já passaram dois anos desde que o ‘Team 6’ aniquilou Osama bin Laden. No entanto, parece que o antigo líder da Al-Qaeda continua a atormentar os norte-americanos e já há quem pense que se trata de uma maldição. A ideia é avançada pelo diário italiano Corriere della Sera, depois de ter falecido mais um dos marines que pertenciam ao ‘Team 6’. É que agora, dos 25 elementos que faziam parte da equipa, apenas restam dois.

Corria o mês de Maio de 2011 quando os membros das forças norte-americanas entraram na casa onde o líder da Al-Qaeda se encontrava, no Paquistão. Na altura, a missão foi realizada por 25 marines, pertencentes ao ‘Team 6’, mas parece que bin Laden, mesmo depois de morto, está a vingar-se daqueles que lhe puseram termo à vida.

Segundo o jornal italiano Corriere della Sera, estamos perante uma maldição, tendo em conta que, neste momento, apenas dois dos 25 militares da equipa se encontram vivos. É que três meses depois do assassinato do terrorista que engendrou o atentado do 11 de Setembro, 22 membros do ‘Team 6’ morreram numa colisão de talibãs com um helicóptero da NATO.

Na passada quinta-feira, faleceu um outro membro da equipa: Brett D. Shadle, de 31 anos, que morreu após ter colidido com um colega durante um exercício de pára-quedismo. Mesmo tendo chegado ao hospital ainda com vida, o militar acabou por não resistir aos ferimentos.

Ainda vivo mas numa situação precária está o marine que deu o tiro fatal em bin Laden, pois encontra-se sem seguro de saúde público e sem pensão.

Fonte: Notícias ao Minuto