terça-feira, 16 de outubro de 2012

Onze feridos em confrontos junto ao Parlamento

Onze feridos e um detido frente à Assembleia da República
Ânimos exaltados nas imediações da Assembleia da República. Pelo menos um manifestante foi detido.

Pelo menos 11 pessoas sofreram ferimentos ligeiros e uma foi detida em resultado dos confrontos registados, esta segunda-feira à noite, junto à Assembleia da República.

A notícia foi avançada à Renascença por fonte da Polícia de Segurança Pública, segundo a qual dez feridos são agentes das forças de segurança e o outro é um manifestante. 

Polícia e manifestantes envolveram-se, esta segunda-feira noite, em confrontos, nas imediações da Assembleia da República. 

Os ânimos exaltaram-se quando um grupo de manifestantes subiu a rua e tentou derrubar as barreiras de segurança, junto à residência oficial do primeiro-ministro.

Os manifestantes que estavam em frente à Assembleia da República mudaram o epicentro dos protestos para a parte de cima e chegou a haver confrontos com a polícia.

Gerou-se uma grande confusão, havendo registo de alguns confrontos, lançamento de petardos e de caixotes do lixo.

Este incidente aconteceu numa altura em que os ânimos junto à escadarias da Assembleia da República já estavam mais ou menos calmas, depois de um grupo de manifestantes ter acendido uma fogueira no centro da praça.

O protesto intitulado “Cerco ao Parlamento” começou pelas 18h00, em frente ao Parlamento, e juntou centenas de pessoas contra as políticas de austeridade.

Fonte: Renascença



Nenhum comentário:

Postar um comentário