quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Ford anuncia encerramento de mais duas fábricas, desta vez no Reino Unido

A norte-americana Ford comunicou esta quinta-feira que tem a intenção de fechar em 2013 duas unidades de produção no Reino Unido, o que implicará a supressão de 1.500 postos de trabalho. O anúncio surge um dia depois da fábrica comunicar o encerramento em 2013 da fábrica de Genk, na Bélgica.

A Ford prevê o encerramento da fábrica de Southampton, no sul de Inglaterra, onde se produzem as carrinhas Transit, e de Dagenham, a leste de Londres, onde são montados motores para veículos, indicou em comunicado a direção europeia da marca, sediada em Colónia, na Alemanha.

A notícia é a confirmação dos rumores lançados por um porta-voz do sindicato britânico do setor automóvel GMB depois de uma reunião com dirigentes da Ford.

"É uma notícia péssima para os trabalhadores", comentou Justin Bowden, dirigente do GMB, citado pela agência France Presse.

Na quarta-feira, a Ford anunciou também o encerramento em 2014 da sua fábrica em Genk, na Bélgica, que emprega atualmente 4.300 pessoas. A multinacional norte-americana pretende transferir a unidade para Almussafes, em Espanha.

A notícia é um murro no estômago da indústria automobilística belga, já que também a francesa Renault decidiu o encerramento da sua unidade em Vilvorde, tal como a Opel, com a unidade de Anvers, no norte do país.

Estas supressões refletem os efeitos da crise económica e dão conta da nova estratégia dos fabricantes face à diminuição da procura na indústria automóvel.

Nos dois últimos anos, perderam-se 87 instalações industriais na Europa, segundo dados da Associação de Construtores Europeus de Automóveis (Acea).

Fonte: Sapo.pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário