sábado, 28 de abril de 2012

Tribunal proíbe estrangeiros nos coffee-shops da Holanda

Imagem de funcionário de um coffee-shop a enrolar "charros"
Medida entra em vigor em três províncias holandesas já no dia 1 de maio e deverá aplicar-se a todo o país até final do ano.

Um tribunal de Haia rejeitou ontem o recurso interposto por 19 coffee-shops contra a criação do "cartão cannabis", ou seja, um cartão que permite apenas aos holandeses maiores de 18 anos comprar e consumir drogas no interior deste famosos estabelecimentos públicos holandeses.

Apelidada de liberal, a Holanda, ao legalizar certas drogas, atraiu durante anos milhares de turistas arrastados pelos coffee-shops. Agora, os políticos, apoiados pela justiça, querem acabar com este turismo da droga, proibindo o acesso de estrangeiros, sem que isso viole propriamente o direito de livre circulação na UE.

As restrições entram em vigor em três províncias do Sul já no dia 1 de maio e até ao final do ano devem estender-se a todo o país. Os 670 coffee-shops holandeses converter-se-ão a partir desse momento em clubes fechados, que apenas poderão ter dois mil membros cada um. Os proprietários estão contra a medida por considerarem que ela pode prejudicar o negócio. A posse, consumo e venda de cannabis, em quantidades inferiores às cinco gramas, é legal na Holanda desde 1976.

Fonte: DN.PT

Nenhum comentário:

Postar um comentário