terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Presa por enviar 30 ameaças a si própria

Uma mulher norte-americana, de 34 anos, foi detida após ter enviado a si própria mais de 30 ameaças. Trudy Miller queria incriminar o ex-namorado e pai do seu filho, enviando mensagens para o seu telemóvel.

A mulher apresentou queixa à polícia de Crowley, no estado do Luisiana, alegando que o ex-namorado a perseguia há cinco semanas, através do envio de mensagens ameaçadoras devido à discussão da custódia do filho de ambos.

Interrogado pelos agentes, o ex-namorado negou todas as acusações, recusando ser o dono do telemóvel a partir do qual eram enviadas as mensagens. A polícia acabou por descobrir que era a própria Trudy a autora dos textos ameaçadores. A mulher pretendia criar provas contra o ex-namorado para ganhar a custódia do filho.

Trudy foi detida e acusada de falso testemunha de ameaça à segurança.

Fonte: Correio da Manhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário