segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Mario Soares: Subordinação aos mercados pode acabar na 3ª Guerra Mundial

O antigo Presidente da República defende uma regulação dos mercados e o fim do capitalismo selvagem.

Mário Soares evocou esta segunda-feira o discurso do Papa Bento XVI, que disse ser "necessário acabar com o capitalismo selvagem", para realçar os perigos de vários "negócios escandalosos".

A subordinação dos Estados aos mercados financeiros que operam sem qualquer tipo de regulação efectiva poderá mesmo arrastar o mundo para uma nova guerra, alertou esta manhã o antigo Presidente da República, na conferência do Expresso "Portugal no Mundo", que decorre hoje em Lisboa.

"Os mercados não podem ser senhores dos Estados. Têm de ser dominados e seguir regras. A globalização tem de ter regras às quais deve obedecer. Se assim não for, as democracias vão entrar em crise e vamos ter uma terceira guerra mundial", afirmou o antigo chefe de Estado durante o primeiro painel da conferência que decorre no Centro Cultural de Belém.

Questionado pelo moderador, o antigo diretor do Expresso Henrique Monteiro, sobre o que faria se fosse primeiro-ministro, Soares respondeu: "Os governos não têm margem porque não querem ter. Obrigava os mercados a estarem dependentes dos Estados e não o contrário, porque isso é o fim da civilização".

Fonte: Económico

Nenhum comentário:

Postar um comentário