quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

72% dos portugueses não conseguem pagar as contas no final do mês

É das maiores percentagens da UE. Pior só a Bulgária e a Grécia.

72% dos cidadãos portugueses têm dificuldades em pagar as suas contas no final do mês, segundo um relatório da TNS. O estudo, baseado nos dados do Eurobarómetro para a Comissão Europeia, revela ainda que o valor é superior em 31 pontos percentuais face à média europeia, onde quatro em cada dez (41%) afirmam encontrar-se nesta situação.

No topo da lista dos cidadãos com dificuldades encontram-se os países que recorreram à ajuda externa: Grécia (89%), Portugal (72%), Irlanda (59%), Espanha (46%) e Chipre (68%). A Bulgária (73%) e a Itália (62%) também aparecem nos lugares cimeiros da lista.

No geral, existem 11 Estados-Membros da União Europeia em que mais de metade dos inquiridos afirmam ter dificuldades em pagar as suas contas no final do mês. A situação tem piorado nos últimos 3 anos, registando-se ao nível da UE um aumento de 3 pontos percentuais (de 38% para 41%).

Em Portugal, a percentagem de cidadãos que têm dificuldades para pagar as suas contas ao final do mês aumentou 8 pontos em relação a 2009, e a Grécia, um dos Estados-Membros mais afectados pela crise, sofre um aumento de 26 pontos. No entanto, existem outros países com melhor progressão desde 2009, onde diminuiu a percentagem de cidadãos com problemas económicos como é o caso da Áustria (-12 pp), Reino Unido (-1), Bélgica (-2) e Alemanha (-2).

Fonte: Económico

Nenhum comentário:

Postar um comentário