domingo, 27 de janeiro de 2013

Irão proíbe venda e exportação de petróleo para países da UE

O Irão proibiu a venda e a exportação de qualquer tipo de crude, gás líquido e condensado para os 27 países da União Europeia (UE), anunciou este domingo o porta-voz do ministério do Petróleo iraniano, Alireza Nikzad Rahbar.

Em declarações difundidas pela agência iraniana Mehr, Nikzad informou que a dita exportação "será proibida aos países europeus que tomaram decisões hostis contra o Irão".

O porta-voz explicou que, "apesar da petição de alguns países europeus para comprar petróleo e gás condensado, tal não será vendido a esses países" e assegurou que atualmente a exportação e produção de crude iraniano está numa situação favorável.

Nikzad disse que esta proibição continuará até que os países europeus e ocidentais "deixem as suas políticas hostis contra o Irão".

O responsável adiantou que nos novos contratos feitos com diferentes países do Mundo, Teerão pergunta qual é o destino, onde se consome e para onde é transferido e pede-lhes para que não enviem para os países europeus.

"Esperamos que todos os compradores estrangeiros de petróleo cumpram os compromissos assumidos com o ministério do Petróleo iraniano e que não vendam a países europeus", adiantou.

O Irão está submetido a sanções da ONU por causa do seu programa nuclear, que alguns países, entre os quais os Estados Unidos, crêem que pode ser usado para armamento, apesar de Teerão negar e afirmar que é exclusivamente para uso civil e pacífico.

Fonte: Correio da Manhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário