sábado, 18 de fevereiro de 2012

Navios de guerra iranianos entram no Mediterrâneo

Objetivo da missão é "difundir uma mensagem de paz e amizade" e também "mostrar o poder da República Islâmica do Irão", anunciou o chefe do Estado-Maior da Marinha Habibollah Sayyari.

Navios de guerra iranianos entraram hoje no mar Mediterrâneo, depois de passar pelo canal do Suez, anunciou o chefe do Estado-Maior da Marinha do Irão, Habibollah Sayyari, citado pela agência oficial Irna.

Sayyari não especificou quantos navios participavam nesta operação nem para onde se dirigem, acrescentando apenas que o objetivo da missão é "difundir uma mensagem de paz e amizade" e também "mostrar o poder da República Islâmica do Irão".

Há um ano, dois navios iranianos visitaram a Síria, na primeira incursão da Marinha do Irão no Mediterrâneo desde a revolução islâmica de 1979.

Na altura, a missão suscitou protestos de Israel, que acusou Teerão "de provocação". Também os Estados Unidos advertiram o Irão para "cumprir as leis internacionais e não fazer nada que possa comprometer a segurança". A missão completou-se sem incidentes. 
Ameaças de corte nas vendas de petróleo 

A nova operação da Marinha iraniana no Mediterrâneo ocorre num momento de tensão diplomática entre a Europa e o Irão. Em janeiro, a União Europeia decretou um embargo progressivo às vendas de petróleo do Irão, como forma de dissuadir Teerão a continuar um programa nuclear.

O Irão retaliou ameaçando cortar totalmente as vendas de petróleo a seis países europeus, incluindo Portugal.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, disse em janeiro, no parlamento, que Portugal atualmente já não importa petróleo do Irão.

Fonte: Expresso.pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário