sábado, 31 de dezembro de 2011

Irão vai testar mísseis na zona do estreito de Ormuz

A Marinha iraniana, em manobras navais na zona do estreito de Ormuz, vai testar hoje diferentes tipos de mísseis de curto e médio alcance, dias depois de o Irão ter ameaçado fechar aquele canal.

«Mísseis de curto e longo alcance terra-mar, terra-terra e terra-ar vão ser testados no sábado», disse o almirante Mahmud Mussavi, porta-voz das manobras navais iniciadas na zona a 24 de dezembro, citado pela Isna.

O Irão ameaçou fechar o estreito, por onde passa cerca de 40 por cento do comércio mundial de petróleo, se os países ocidentais impuserem novas sanções às exportações petrolíferas iranianas.

Os Estados Unidos, que mantêm no estreito a V Esquadra naval, advertiram Teerão contra qualquer tentativa de fechar o estreito, afirmando que «não será tolerada» qualquer perturbação do tráfego no canal.

O general Hassan Salami, “número dois” dos Guardas da Revolução, força de elite do regime islâmico, recusou quinta-feira a advertência norte-americana e afirmou que o Irão vai agir com determinação na «defesa dos seus interesses vitais».

Dois navios de guerra norte-americanos atravessaram anteontem o estreito de Ormuz sem problemas, apesar da ameaça iraniana de fechar esta passagem marítima em caso de novas sanções internacionais contra Teerão, anunciou ontem a marinha dos Estados Unidos.

Fonte: Jornal da Madeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário