sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Brasil: Unidos por um só corpo viverão assim a vida toda

Unidos por um só corpo viverão assim a vida toda
Não é um bebé com duas cabeças. São duas cabeças, duas pessoas num só corpo. Os meninos, ligados pelo mesmo corpo para o resto das suas vidas, nasceram segunda-feira no Brasil e o caso, diz o cirurgião pediátrico Gentil Martins, "não tem solução". 

São casos muito raros e sem solução. Jesus e Emanuel, nascidos de Maria de Nazaré, no Interior do Brasil, viverão assim o resto da vida e uma vida longa, "desde que não haja nenhuma outra malformação e desde que tenham as condições normais para crescer", avançou o cirurgião pediátrico Gentil Martins.

"O caso é completamente irresolúvel. Basicamente, são duas cabeças, dois cérebros, ou seja, intelectualmente, são duas pessoas autónomas. E a Medicina não poderia matar a cabeça do lado direito ou matar a cabeça do lado esquerdo, seria como matar uma pessoa", continuou o cirurgião.

Maria de Nazaré, 23 anos, deu entrada no Hospital de Anajás, na Ilha de Marajó, a 639 quilómetros de Belém, capital do Pará, na passada segunda-feira, para dar à luz o terceiro filho. Não fazia ideia que teria não um, mas dois meninos, e muito menos que teriam o mesmo corpo.

Esta mãe, de 23 anos, fez o acompanhamento pré-natal, mas não realizou qualquer ecografia durante a gestação, revelou já o médico obstetra que fez o parto de Maria Nazaré.

No dia em que deu entrada no hospital, a equipa médica identificou por meio de ultra-som que se tratava de dois bebés com um só corpo. Imediatamente accionaram as condições para uma cesariana, que durou cerca de uma hora (um pouco mais do que o habitual) porque o corpo dos meninos estava sentado.

Apesar das dificuldades decorrentes da situação e das próprias limitações daquele hospital do Interior, o procedimento cirúrgico não teve complicações e a mãe dos meninos ficou bem.

Fonte: Jornal de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário