sexta-feira, 29 de julho de 2011

Governo quer acabar com indemnizações por despedimento até 2013

Anos de casa deixarão de contar para o cálculo da compensação. No futuro, a verba virá apenas de uma conta poupança individual.

A ideia é acabar com o conceito clássico de indemnização. Este direito cai para 20 dias por ano trabalhado no final deste ano para os novos contratos. No final de 2012, deve descer para dez dias e a medida será alargada aos actuais contratos. Em 2013, deve ser de zero dias. Verba será paga através do fundo financiado pelas empresas. Cortes na despesa vão emagrecer mais a função pública.

Fonte: DN.PT

Nenhum comentário:

Postar um comentário