terça-feira, 25 de outubro de 2011

Consequências do Tsunami: 20 milhões de toneladas de lixo vão colidir com o Havai

Detritos do tsunami fotografados pela Força Aérea norte-americana
Detritos e mais detritos, desde barcos de pesca a pedaços de mobília, passando por televisores e frigoríficos... O resultado da devastação provocada pelo tsunami que atingiu o Japão no dia 11 de Março está neste momento a atravessar o Oceano Pacífico, em "rota de colisão" com as ilhas do Havai.

Os cientistas estimam que ao todo serão cerca de 20 milhões de toneladas (ainda que previsões mais optimistas falem em apenas 5 milhões) de resíduos que estarão a flutuar na direcção da costa ocidental dos Estados Unidos.

A agência AFP noticia hoje que o navio russo STS Pallada detectou no mês passado parte dos detritos próximo do Atol Midway, um conjunto de pequenas ilhas localizadas sensivelmente a meio do Pacífico.

Isto significa que os resíduos estão a deslocar-se mais rapidamente do que os cientistas originariamente previam, pelo que o monte de lixo poderá chegar às ilhas do Havai dentro de dois anos e à costa Oeste dos EUA em três anos.

Como lembra o diário britânico Daily Mail, estes montes de lixo, que formam pequenas ilhas flutuantes, são um perigo para a navegação e por isso é de vital importância saber a sua localização e velocidade.

Fonte: DN.PT

Nenhum comentário:

Postar um comentário