segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Euro/Crise: "O plano de resgate europeu está a desmoronar-se"

Paul Krugman, economista e Nobel da Economia de 2008.
O economista Paul Krugman afirmou hoje que a subida das taxas de juros da dívida soberana italiana demonstra que o plano de resgate europeu está a "desmoronar-se mais depressa" do ele que pensava.

Num texto publicado no seu blogue e intitulado "Mamma Mia", o Nobel da Economia de 2008 apresenta um gráfico que ilustra a subida dos títulos de dívida soberana italiana a 10 anos.

"O plano de resgate europeu está a desmoronar-se mais depressa do que eu pensava", começa por afirmar o economista.

Krugman refere que "se a dívida italiana tiver de ser refinanciada a uma taxa acima de seis por cento, isso tornará necessário um aumento do excedente orçamental primário (excluindo juros) para estabilizar o seu valor e essa diferença pode, muito plausivelmente, fazer a diferença entre pagar as dívidas ou entrar em incumprimento".

O economista afirma ainda que ou o Banco Central Europeu (BCE) faz "grandes compras" no mercado secundário de dívida, ou o euro torna-se um "crostini", numa alusão às tostas italianas.

Fonte: DN.PT

Nenhum comentário:

Postar um comentário