quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Africa do Sul: Homem morreu após ser amarrado e arrastado por carro da polícia

Um taxista moçambicano morreu, após agentes da polícia sul-africana o terem amarrado na parte traseira de um carro da corporação e arrastado cerca de 400 metros. Veja o vídeo (vídeo contém imagens chocantes).

Imagens captadas por um vídeo amador e divulgadas, esta quinta-feira, pelo jornal sul-africano "Daily Sun", mostram Mido Macia, moçambicano de 27 anos, a ser detido por agentes sul-africanos, após uma discussão sobre estacionamento numa praça de táxi, em Davidton, na província de Gauteng, na África do Sul.


Depois de demonstrar resistência, para não entrar no carro celular da polícia, os agentes algemaram-no à parte traseira do veículo policial que, de seguida, se pôs em marcha, arrastando o jovem.

Em comunicado, citado pelo jornal "Daily Sun", um porta-voz da direção da polícia de investigação independente sul-africana justificou a detenção de Mido Macia com o facto de este ter retirado a arma de fogo de um dos agentes.

Contudo, o subtenente da polícia sul-africana conseguiu recuperar a arma do motorista de táxi, devolvendo-a ao seu colega.

"Os policias colocaram o suspeito na parte de trás do carro da polícia e levaram-no para a esquadra onde ele foi detido. O taxista foi encontrado morto às 09.15 horas", escreve o jornal sul-africano, acrescentando que o moçambicano terá sido espancado até à morte.

Fonte: Jornal de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário