sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Queda de meteorito faz pelo menos 400 feridos na Rússia

Imagens de fumo deixado por um objeto que caiu na região dos montes Urais
Pelo menos 400 pessoas ficaram hoje feridas por estilhaços de vidro provocados pela queda de um meteorito na região dos montes Urais, na Rússia, revelou o Ministério do Interior russo.

"Neste momento temos notícia de pelo menos 400 feridos, entre os quais três em estado grave", explicou um porta-voz do ministério, citado pela agência russa Ria Novosti, acrescentando que há estragos registados em pelo menos seis cidades da região.

O meteorito caiu, hoje de manhã, a cerca de 80 quilómetros da cidade de Tcheliabinsk, na região com o mesmo nome, explicou um porta-voz governamental à agência Interfax.

"Patrulhas reforçadas garantem a ordem pública nos edifícios atingidos e onde se registaram avarias e foram tomadas medidas para proteger a propriedade", acrescentou a fonte.

As autoridades locais encerraram todas as escolas e jardins de infância, devido ao facto de a maior parte terem ficado sem vidros nas janelas.

"Hoje, em Tchilabinski, a temperatura é de 18 graus negativos, por isso decidimos encerrar todas as escolas e infantários", anunciou Guennadi Onischenko, dirigente dos serviços sanitários da Rússia.

Os cientistas não excluem a possibilidade de uma nova queda de meteoritos noutras regiões da Rússia ocorrer na noite de sexta para sábado.

Dmitri Rogozin, vice-primeiro-ministro russo encarregado do setor militar-industrial, defendeu a necessidade de criação de um sistema de defesa contra "objetos extraterrestres" pelos maiores países do mundo.

"Hoje, nem a Rússia, nem os Estados Unidos têm possibilidade de abater meteoritos", sublinhou Rogozin.

Fonte: DN.PT





Em Chelyabinsk esperam queda de novo meteorito

chuva de meteoros, Chelyabinsk, Urais, Rússia
De acordo com serviços especiais, outros dois fragmentos de asteroide podem cair na região dentro de uma hora e mais perto da noite.


As pessoas são incentivadas a se abrigarem em suas casas.

Entretanto, o número das vítimas em consequência da queda do meteorito na região de Chelyabinsk aumentou para 150. A maioria das pessoas teviveram cortes de fragmentos de vidros partidos.

Fonte: Voz da Rússia

Buraco com 8 metros de diâmetro,deixada pelo meteorito no lago Chebarkul na Rússia

Nenhum comentário:

Postar um comentário