sábado, 23 de fevereiro de 2013

Cientistas norte-americanos criaram uma "célula-zumbi"

cientistas, microbiologia, EUA
Os cientistas norte-americanos conseguiram criar um célula que fica viva mesmo depois da morte.

Por mais paradoxal que seja, a célula morta distingue-se por sua vitalidade. Por exemplo, ela pode tolerar uma pressão mais forte e uma temperatura mais alta do que a comum.

Graças a esta descoberta, os cientistas poderão agora preservar o material orgânico para um prazo mais longo. A "célula-zumbi" foi descoberta por cientistas da Universidade do Novo México, que acreditam que esta tecnologia será particularmente útil em nanotecnologia e produção industrial.

Fonte: Voz da Rússia

Nenhum comentário:

Postar um comentário