quarta-feira, 27 de março de 2013

Cipriotas não podem sair do país com mais de 3.000 euros

Imprensa grega adiantou várias medidas que o Governo cipriota vai impor para limitar a fuga de capitais do país.

Segundo o jornal ‘Kathimerini', citado pela agência Reuters, as medidas vão entrar em vigor amanhã, data prevista para a reabertura do bancos, e serão revistas passados sete dias. Eis algumas dessas medidas:
  • Utilização de cartões de débito e de crédito fora do país limitada a 5.000 euros por mês;
  • Cidadãos não podem sair do país com mais de 3.000 euros ou valor equivalente em outra divisa;
  • Proibição de levantamento de cheques bancários. A sua utilização como forma de pagamento continuará a ser aceite;
  • Depósitos a prazo não podem ser resgatados antes da maturidade; 
  • Obrigatoriedade de apresentar documentação sempre que o valor das importações supere os limites impostos.

As medidas deverão ser anunciadas formalmente pelo Governo durante esta tarde e terão como alvo todas as instituições no país. Haverá apenas duas excepções: o Estado e o banco central.

Fonte: Económico

Nenhum comentário:

Postar um comentário