quinta-feira, 7 de março de 2013

Acordo de armistício entre Coreia do Norte e do Sul não existe mais

Coreia do Norte, Coreia do Sul, conflito
A forte reação do representante do Comando Supremo do Exército Popular da Coreia às manobras conjuntas da Coreia do Sul e dos EUA que começaram em 1 de março "causou um grande entusiasmo no país", nota hoje a imprensa local.

Soldados do Exército Popular da Coreia acreditam que chegou a hora "para demonstrar aos EUA a força da Coreia de Songun, usando o potencial das forças de dissuasão nuclear". Segundo disse um dos oficiais das forças de segurança interna, o seu destacamento está pronto a qualquer momento "começar uma ofensiva na direção sudoeste, de acordo com o plano operacional aprovado pelo Comandante Supremo, Marechal Kim Jong-un".

Fonte: Voz da Rússia

Nenhum comentário:

Postar um comentário