domingo, 22 de julho de 2012

Super-ricos têm 21 biliões em paraísos fiscais

Os super-ricos de todo o mundo tinham escondidos em paraísos fiscais, no final de 2010, nada menos de 21 biliões de dólares (17 biliões de euros), tanto como a economia dos EUA e do Japão juntas. Um bilião é um milhão de milhão.

E este número é conservador, na verdade o valor real poderá chegar a 31 biliões de dólares, diz James Henry, autor do estudo The Price os Offshore Revisited, e antigo economista-chefe da consultora McKinsey. O estudo tem em conta apenas os depósitos e os investimentos e não contabiliza, por exemplo, propriedades e iates...

O relatório surge numa altura em que vários países estão a endurecer o combate à evasão fiscal e ao branqueamento de capitais - a Alemanha, por exemplo, ainda recentemente pagou 3,5 milhões de euros por um CD com informação de centenas de fortunas alemãs que escaparam ao Fisco e estão escondidas em depósitos bancários na Suíça.

"As fortunas escondidas nos paraísos fiscais são um verdadeiro 'buraco negro' na economia mundial e que poderiam ser chamadas a ajudar a resolver a atual crise financeira", considera James Henry.



 Paraísos fiscais são estados nacionais ou regiões autónomas onde a lei facilita a aplicação de capitais estrangeiros, com tributação baixa




Fonte: Dinheiro Vivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário