sábado, 28 de julho de 2012

EUA anunciam cura da sida (AIDS)

Dois homens podem ter-se curado do vírus da sida (VIH) depois de terem sido submetidos a um transplante de medula óssea para tratar um cancro. O anúncio foi divulgado ontem, último dia da XIX Conferência Internacional sobre Sida, realizada em Washington, nos EUA, por investigadores do Hospital Brigham and Women’s (Massachusetts). 


Os pacientes não foram identificados por razões de privacidade, mas um dos homens, de 50 anos, foi infectado na década de 1980. O outro tem 20 anos e já nasceu infectado. Os dois doentes receberam tratamento antiretroviral, que suprimiu por completo a reprodução do VIH, embora ainda tenham reservatórios do vírus latente antes do transplante.

Um dos pacientes foi submetido a acompanhamento médico durante dois anos após o transplante e o outro durante três anos e meio: não se encontrou rasto do vírus. Até hoje, só Thimothy Brown, o ‘paciente de Berlin’, é considerado o único doente curado de sida. Em todo o Mundo há 34 milhões de pessoas com sida. Ao Correio da Manhã, o director-geral da Saúde, Francisco George, afirmou que o anúncio cria "boas expectativas e é uma esperança".

Fonte: Correio da Manhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário