quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Stephen Hawking diz que inteligência artificial pode significar o fim dos humanos

O astrofísico britânico Stephen Hawking afirmou que o desenvolvimento da inteligência artificial poderá significar o fim da humanidade.

Em entrevista à BBC, o cientista, que está completamente paralisado devido a uma esclerose lateral amiotrófica, disse que esse tipo de tecnologia podia evoluir rapidamente e ultrapassar a humanidade, um cenário semelhante ao apresentado em filmes como "O Exterminador do Futuro".


"As formas primitivas de inteligência artificial que temos já se mostraram muito úteis. Mas eu penso que o desenvolvimento de uma inteligência artificial completa poderia acabar com a raça humana", disse o astrofísico que fala mediante a ajuda de um computador e se move numa cadeira de rodas.

O professor acrescentou que, "assim que os humanos desenvolverem a inteligência artificial, esta iria descolar sozinha, e redefinir-se cada vez mais rápido".

"Os humanos, limitados por uma lenta evolução biológica, não seriam capazes de competir e seriam ultrapassados", continuou Hawking, considerado um dos cientistas vivos mais brilhantes.

Hawking é favorável às novas tecnologias de comunicação e disse ter sido um dos primeiros a estar "conectado" no início da Internet.

Para o cientista, a Internet trouxe perigos e benefícios, citando um aviso do novo chefe da agência de espionagem britânica GCHQ, que disse que a Internet tornou-se um centro de comando para os criminosos e terroristas.

"As empresas de Internet precisam fazer mais para combater a ameaça, mas o desafio é fazer isso sem sacrificar a liberdade e privacidade", argumentou o astrofísico de 72 anos de idade.

Stephen Hawking disse na terça-feira que o seu sistema de comunicação, melhorado pelo grupo norte-americano Intel, estará disponível gratuitamente para a comunidade científica em janeiro.

Congratulando-se com os avanços, o cientista disse não querer mudar a sua voz robótica, que vem de um sintetizador originalmente projetado para um serviço telefónico.

"Esta voz é muito clara, embora um pouco robótica. Tornou-se a minha marca e eu não mudar para uma voz mais natural com um sotaque britânico", disse à BBC. "Aparentemente, as crianças que precisam de uma voz artificial querem uma como a minha", afirmou.

-- Jornal de Notícias

Um comentário:

  1. This is how my friend Wesley Virgin's tale starts with this shocking and controversial video.

    Wesley was in the military-and soon after leaving-he discovered hidden, "mind control" secrets that the government and others used to get everything they want.

    These are the EXACT same methods many famous people (notably those who "come out of nowhere") and top business people used to become wealthy and famous.

    You probably know how you use less than 10% of your brain.

    That's mostly because the majority of your brain's power is UNCONSCIOUS.

    Maybe this thought has even taken place INSIDE your very own brain... as it did in my good friend Wesley Virgin's brain 7 years ago, while riding a non-registered, beat-up bucket of a car without a driver's license and with $3 on his bank card.

    "I'm absolutely fed up with living check to check! When will I become successful?"

    You've been a part of those those types of thoughts, ain't it right?

    Your own success story is waiting to happen. You need to start believing in YOURSELF.

    CLICK HERE TO LEARN WESLEY'S SECRETS

    ResponderExcluir