sábado, 11 de janeiro de 2014

NASA descobre e revela "mão de Deus"



O telescópio NuStar, da agência espacial norte-americana (NASA), captou aquilo que a imprensa internacional apelidou de "a mão de Deus". Não, não se trata de uma aparição, mas sim de resíduos espaciais resultantes da explosão de uma estrela a 17 mil anos-luz que assumem, de forma quase perfeita, a forma de uma mão.

Os resíduos espaciais podiam ter passado despercebidos não tivessem formado uma enorme mão cósmica, contudo, alguns cientistas mostraram-se cépticos em relação ao fenómeno, defendendo que está relacionado com a tendência dos seres humanos de caracterizar algo devido a reconhecimentos prévios, que explica a tendência humana de ver objectos com significado nas nuvens, por exemplo.

Recorde-se que o telescópio NuStar foi lançado durante o verão de 2012 como parte da missão da NASA para explorar buracos negros e outros objectos extremos.

-- Correio da Manhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário